Dois jovens são presos por tráfico de maconha, em Ipatinga

Policiais civis da Tóxicos e Entorpecentes localizaram uma jovem que guardava barras de maconha em casa a mando de um rapaz no Vila Celeste

Divulgação Polícia Civil


Além das barras de maconha, apreendidos objetos utilizados no preparo da droga para a venda

A ação rápida dos policiais civis integrantes da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes de Ipatinga resultou na apreensão de seis barras de maconha, droga que se encontrava em poder de uma jovem de 22 anos no bairro Vila Celeste. Ela e um jovem de 19 anos foram presos pelos investigadores logo depois de uma denúncia anônima.

O delegado Eduardo Vinícius, titular da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes, informou que sua equipe passou a investigar dois suspeitos depois de uma denúncia. S.B.R., de 22 anos, estaria guardando uma grande quantidade de maconha na casa dela, na rua Pelicano, no Bairro Vila Celeste.

A jovem estaria guardando a droga a mando de T.R.S., de 19 anos. Os investigadores fizeram campana para abordar a S.B., o que ocorreu na porta de sua residência, no momento que saía do imóvel. Indagada, ela confirmou a guarda da droga e acabou presa em flagrante delito.

A equipe da PC saiu no encalço de T.R, jovem que foi encontrado nas proximidades do local onde mora, na rua Tucanuçu. Ele também recebeu voz de prisão em flagrante delito. De acordo com o delegado Eduardo, S.B. e T.R. confessaram a autoria da traficância.

Além das seis barras de maconha, os policiais civis apreenderam uma balança de precisão, plástico filme e dois aparelhos de telefone celular. O casal preso foi encaminhado para a delegacia e autuado em flagrante pelo tráfico de drogas ilícitas.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO