CBF define duas janelas internacionais de transferências até novembro

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) estabeleceu as janelas internacionais de transferências deste ano. A primeira vai de 20 de julho (próxima segunda-feira) até 9 de agosto e a segunda de 9 de outubro a 9 de novembro. Segundo a entidade, as datas foram definidas “de forma consensual” com os times que disputam a Série A do Campeonato Brasileiro.

A primeira janela complementa o período afetado pela pandemia do novo coronavírus (covid-19). Já a segunda é aquela que, a princípio, seria na metade deste ano e foi suspensa devido à paralisação do futebol. O calendário precisa, agora, ser chancelado pela Fifa, entidade máxima da modalidade.

Com isso, os clubes que buscaram reforços no exterior durante a suspensão do futebol no país poderão inscrevê-los a tempo para a disputa do Brasileirão, previsto para começar justamente em 9 de agosto. O Atlético, por exemplo, poderá contar com os quatro atletas que trouxe de fora: os zagueiros Bueno (emprestado pelo Kashima Antlers, do Japão) e Junior Alonso (ex-Lille, da França), o volante Alan Franco (ex-Independiente Del Valle, do Equador) e o atacante Keno (ex-Palmeiras e que estava no Pyramids, do Egito). A medida também beneficia times que ainda têm os respectivos estaduais pela frente e que podem incluir atletas no torneio. (Agência Brasil)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO