Pesquisa aponta satisfação de beneficiários de operadora de saúde

Os serviços oferecidos pela Unimed Vale do Aço alcançaram um índice de satisfação geral de 86% para a maior parte dos beneficiários da operadora. Esse foi o resultado obtido por meio de uma pesquisa que avaliou os serviços prestados pela operadora aos seus clientes, informou a Unimed. Os entrevistados foram ouvidas conforme critérios exigidos pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), atendendo às exigências da Dimensão 3 do Programa de Qualificação das Operadoras (PQO).

Realizada no período de 13 de janeiro a 2 de fevereiro de 2020, aplicou-se a metodologia quantitativa, por meio de um questionário on-line estruturado e fornecido pela ANS. A atenção à saúde e os canais de atendimento foram as principais qualidades destacadas pelos entrevistados.

O plano de saúde da Unimed Vale do Aço recebeu avaliação positiva de seus beneficiários, tanto de modo geral quanto em relação a quesitos específicos. Dentre os entrevistados, 80% recomendariam o plano a amigos e familiares. Já em relação ao acesso à informação em casos necessários, o nível de satisfação foi de 77,29%, destacou a Unimed.

O diretor de provimentos de saúde, Érico Raimundo Guimarães Fantini, afirmou que o resultado é o reflexo do trabalho desenvolvido pela cooperativa no último ano. “A pesquisa de satisfação vem em concordância com a modernização dos processos e busca constante pela excelência nos serviços prestados, mostrando que a instituição está alcançando valor para o cliente. Continuaremos focados no que trabalhamos: como uma cooperativa de qualidade tanto no atendimento assistencial quanto como operadora de plano de saúde”.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO