Justiça Desportiva vai julgar pedidos de veto do retorno do Campeonato Mineiro

Divulgação FMF


Villa Nova e Tupynambás não querem o retorno do Estadual no dia 26

O retorno do Campeonato Mineiro está marcado para o dia 26 de julho. A decisão sobre a retomada do certame, que está paralisado desde o dia 15 de março devido à pandemia da covid-19, foi tomada em consenso com os clubes da elite do futebol estadual, em encontro com representantes da Federação Mineira de Futebol (FMF), na última terça-feira (7). Porém, dois clubes foram e são contra essa volta: Villa Nova (da cidade de Nova Lima) e Tupynambás (de Juiz de Fora).

Os dois clubes entraram com pedido no Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais (TJD-MG) para que a retomada do Campeonato Mineiro seja vetada. Agora, cabe ao Tribunal acatar ou não a demanda.

Na conferência virtual da última semana, o Tupynambás, lanterna do Estadual, disse que não conseguiu autorização da Prefeitura de Juiz de Fora para treinar. A agremiação de Nova Lima, vice-lanterna, deixou claro que não há segurança e questionou o fato de não haver 30 dias de prazo para os treinos. O Villa Nova, inclusive, foi um dos clubes a dispensar jogadores durante a paralisação do campeonato, o que também foi feito por Patrocinense, Caldense e URT.
Caso o pedido de Villa Nova e Tupynambás não seja acatado, o Estadual retorna no dia 26.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO