Caminhão é crivado de balas em discussão de motoristas na BR-381

Pistola de calibre 9 milímetros é apreendida com o autor dos tiros em Ipatinga

Wellington Fred


A perícia da Polícia Civil realiza vistoria no caminhão atingido pelos tiros

Uma discussão entre dois motoristas de caminhão por pouco não terminou em morte na noite de sexta-feira (10) na BR-381, entre Antônio Dias e Ipatinga. A.D.A.R., de 25 anos, foi preso por tentativa de homicídio depois de disparar tiros de pistola calibre 9 milímetros contra o veículo da vítima, E.S.O., de 44 anos, que teria ameaçado A. com uma faca.

O Diário do Aço acompanhou o encerramento do caso em Ipatinga. E.S. relatou que ocorreu um desentendimento no trânsito, devido a uma pequena colisão ocorrida na BR-381, nas proximidades de Antônio Dias, com o caminhão-tanque de combustíveis dirigido pelo autor dos tiros. Com o dano no retrovisor do lado do motorista, E. tentou parar o outro caminhoneiro para conversar.

E.S. confessou que realmente desceu da cabine de seu caminhão Volvo, que transportava cerâmicas, com uma faca nas mãos, mas sem a intenção de ameaçar ou agredir o outro envolvido. “Queria apenas conversar sobre os danos no caminhão”, afirmou ao Diário do Aço, no entanto, acabou discutindo e quebrando o retrovisor esquerdo do caminhão de A.D. que entrou no veículo e continuou a viagem sentido ao Vale do Aço.

No trajeto, ao tentar parar novamente A.D. para tentar resolver a situação, o suspeito de posse de uma arma de fogo disparou os tiros contra o veículo de E.S. acertando o para-brisas, retrovisor do lado direito e a lataria da cabine. A vítima dos tiros acionou a Polícia Militar, em Ipatinga, informando sobre o ocorrido, o que motivou o empenho das equipes do 14º Batalhão e da 12ª Companhia PM Rodoviária na cidade.


Apreendidas a pistola calibre 9 mm do autor dos tiros e ainda a faca usada pela vítima para ameaçar o autor do atentado

Localização do autor dos tiros
Os policiais militares localizam o Ford Cargo do suspeito próximo a um posto de combustíveis na avenida Cláudio Moura (BR-458), no Centro de Ipatinga. Ao ser abordado, A.D. não estava com qualquer objeto ilícito, porém com as contradições e a localização da capa de uma pistola na cabine do caminhão, ele confessou a autoria dos tiros. O motorista indicou um tambor de lixo no posto onde estava a arma de fogo. Os PMs recolheram a pistola Taurus calibre 9 milímetros com dois cartuchos intactos.

A.D., que mora em Ribeirão da Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, confirmou ao Diário do Aço ter disparado os tiros, contudo alega que agiu para se defender e não teve a intenção de matar o outro motorista. Ele explicou que a arma é registrada, mas para ser usada em clube de tiro e sabe que não poderia transportá-la naquela situação.

Os veículos envolvidos foram periciados pela Polícia Civil e liberados em seguida. A. e a arma de fogo foram encaminhados para o plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga por tentativa de homicídio. E., que é residente em Mantena, além de ser vítima, também pode responder pelas ameaças e danos. A faca usada por ele foi recolhida e entregue na delegacia pelos policiais militares rodoviários que foram responsáveis pelo registro da ocorrência.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Eu 13 de julho, 2020 | 08:48
Bando de noias. procurem outro serviço. Esse nao serve pra voces. Irresponsaveis.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO