Operação Caratinga mira o contrabando de cigarros contrabandeados

A Polícia Federal deflagrou nessa sexta-feira (10) a Operação Caratinga, para combater o contrabando de cigarros contrabandeados.

A PF informou que as investigações tiveram início no mês passado, após a prisão em flagrante de possível integrante de uma associação criminosa responsável pela introdução clandestina dos cigarros no Brasil e sua comercialização na região leste de Minas Gerais.

Como um desdobramento das investigações houve o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão em Caratinga, ambos expedidos pela Vara Única da Subseção Judiciária Federal de Muriaé.

Os investigados responderão pelos crimes de contrabando e associação criminosa e podem ser sentenciados a cumprir até oito anos de reclusão, se condenados. Na operação foi foram apreendidos dois aparelhos de telefone celular. A PF não divulgou os nomes dos investigados nessa fase da operação.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO