Membros de facção criminosa são presos com arma de fogo

Pistola foi apanhada em Timóteo por dupla integrante de grupo criminoso

Um jovem de 23 anos, integrante de uma organização criminosa em Coronel Fabriciano, investigado como suspeito de uma tentativa de homicídio e que se encontra em livramento condicional, foi preso na companhia de um comparsa, de 22 anos, que portava uma pistola Bersa, de fabricação argentina, calibre .40, com numeração raspada e carregada com 10 cartuchos intactos do mesmo calibre, conforme apurou o Portal DA.

Policiais militares que fazem monitoramento dos criminosos envolvidos com diversas ações violentas em Coronel Fabriciano flagraram na tarde de quinta-feira (9), o momento em que os dois fabricianenses foram a Timóteo buscar um objeto com outro comparsa, de 27 anos.

No retorno a Coronel Fabriciano o carro em que a dupla estava, um Peugeot, de cor branca, foi parado por uma equipe da Polícia Militar e os dois ocupantes submetidos a busca pessoal.

Na cintura do investigado D.F.M., de 22 anos, foi encontrada a arma municiada e que foi apanhada em Timóteo. Já, o comparsa, de 23 anos, apresenta-se nas páginas das mídias sociais como chefe do tráfico de drogas da facção criminosa.

E, conforme apontam as investigações, esse indivíduo tem ligação com outros criminosos que, embora recolhidos ao sistema prisional, mantêm o comando para a prática de crimes que vão do tráfico de drogas à execução de desafetos e concorrentes.

Com a arma apreendida, os dois detidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil, onde um inquérito foi aberto para apurar o caso.

Divulgação

Dupla de Coronel Fabriciano foi presa depois de buscar em Timóteo essa pistola .40

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Bolsonaro 10 de julho, 2020 | 22:21
Sr. Cidadão você tem razão inverteram muito os valores no Brasil mesmo. Tento entender também mas a conta não fecha. As únicas coisas que funcionam bem são as cobranças contra nós brasileiros., como multas, iptu, ipva, icms, estacionamento pago, pedágios, taxas disso taxas daquilo e etc..
Vagabundo tá tirando onda com nossa cara e a justiça parece que adora eles.
Juro que não estamos entendendo mais nada......
Cidadão 10 de julho, 2020 | 16:13
E estarão nas ruas dentro em breve. Hoje, a mídia não pode nem divulgar os nomes dos bandidos mais. A lei ficou do lado deles. É mais importante proteger a identidade do meliante do que deixar que a população saiba quem são. Algo saiu MUITO errado nesse país.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO