Ford Ranger assume liderança das picapes e vendas disparam no mercado

Divulgação


A versão Limited da Ranger tem sido um dos destaques da Ford

A Ford Ranger registrou dois marcos importantes em junho deste ano: tornou-se a líder do segmento de picapes médias, com 1.736 unidades e atingiu a maior participação de mercado da sua história, com 24,6%. As vendas da picape da Ford vêm crescendo desde o lançamento da linha 2020, com inovações que foram bem recebidas pelos consumidores.

Além do novo design dianteiro, suspensão recalibrada e um sistema que facilita a movimentação da tampa da caçamba, a Ranger introduziu tecnologias exclusivas na versão atual, lançada em 2019. Sistema de frenagem autônoma com detecção de pedestres, reconhecimento de sinais de trânsito, piloto automático adaptativo e sistema de permanência em faixa são alguns dos equipamentos oferecidos no automóvel.

As ações da Ford e da sua rede de concessionárias para proporcionar comodidade e segurança aos clientes durante a pandemia também contribuíram para esse resultado. Como, por exemplo, o “Compre Sem Sair de Casa”, o financiamento com carência de 90 dias e parcelas reduzidas até dezembro de 2021, novos protocolos de higiene nas revendas, o serviço de desinfecção de veículos Ford Clean e o “Serviço Sem Sair de Casa” (agendamento de revisão e outros serviços).

Nas versões intermediárias, a Ranger reforçou ainda mais a sua liderança em junho, chegando a mais de 50% das vendas com os modelos XLS. Como principais vantagens, a Ranger XLS oferece desempenho robusto e nível superior de equipamentos, com o menor custo de posse e o maior valor de revenda da categoria.

Divulgação


A equipe da concessionária Brasauto oferece atendimento qualificado aos clientes
Versões

Nas versões topo de linha, a Ranger ficou com 15,4% de participação com as versões XLT e Limited, que combinam a performance do motor 3.2, tecnologias exclusivas de condução semiautônoma e o que há de mais avançado em conforto e segurança. A nova Ranger Storm, que tem recebido boas avaliações tanto por parte dos especialistas quanto dos consumidores, também colaborou para o sucesso da linha.

Boa aceitação

Conforme o diretor da concessionária Brasauto, Márcio Heringer Quintão, a Ranger representa, atualmente, o que a Ford tem de melhor, já que é pioneira em picapes. “Temos um produto que entrega tecnologia e segurança, atrelados a conforto e performance. A Ranger é um automóvel off-road, mas engloba todos os quesitos de um carro tanto urbano quanto de campo. E a Ranger está tendo uma aceitação muito boa no mercado regional e nacional, incluindo clientes que já vinham de carro sedan e de luxo”, afirmou Márcio.

Vendas

O diretor também acrescentou que a Ranger está em falta no mercado devido à alta demanda. “É um produto que vem suprindo toda expectativa do consumidor. A Ford é pioneira no Brasil em termo de picapes, e no Vale do Aço também. Não é à toa que patrocinamos os programas de agronegócio, que envolvem nosso público. Mas vale destacar que o público urbano nos ajuda a ter essa parcela de mercado, que é muito importante e que nos faz ser líder nesse segmento”, ressaltou.

Divulgação


Conforme o consultor de vendas da Brasauto, Edson Soares, todas as versões da Ford Ranger têm cinco anos de garantia
Plano sazonal

Em relação às formas de pagamento, o diretor da Brasauto explica que a Ford está bem flexível nesse quesito. “Nós temos propostas bem interessantes, dentre elas, o plano sazonal para CPF e CNPJ. O que seria isso? As pessoas que trabalham com safra, que têm uma receita de maneira sazonal, vão ter um financiamento de seis em seis meses. Por exemplo, a pessoa que trabalha com safra de café vai ter safra daqui seis meses, coincidentemente quando a primeira parcela dela vai vencer”, explicou.

Outros planos

Além do plano sazonal, Márcio Quintão informa que a Ford lançou um plano nesse mês, com 90 dias para começar a pagar, em parcelas pela metade até 2022. “Esse é um plano para quem não quer descapitalizar. Um plano muito interessante, com a taxa baixa comparada em relação ao mercado. São bem homogêneas as nossas condições e bem atrativas. Só não fecha negócio quem não quer”, destacou.

Características

Em entrevista ao Diário do Aço, o consultor de vendas da Brasauto, Edson Soares, detalhou as quatro versões da Ford Ranger. “A versão de entrada XLS com motorização 2.2, tração 4x4 e movido a diesel. A segunda versão dela é a XLT, que entra com motorização 3.2, 200 cavalos de força e câmbio automático. A versão Storm, que é nova, com motor 3.2, é um ícone do mercado. Outra versão, com o motor 3.2, é a Ranger Limited, que é topo de linha, entrega maior tecnologia, conforto e segurança. Todas essas versões têm cinco anos de garantia, o que só a Ford oferece atualmente no mercado”, detalhou.

Concessionárias

As unidades da Brasauto estão localizadas em Ipatinga, Coronel Fabriciano, Governador Valadares e Teófilo Otoni. Os telefones para contato são (31) 2109-3003, (31) 3842-4000, (33) 3276-5626 e (33) 3523-2405.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Angelo Miquelão Filho 10 de julho, 2020 | 17:41
Com certeza a Ranger é a camionete mais bonita do momento, robusta, confortável e bastante avançada. Quanto aos preços, bom, é costume compararmos com os valores lá de fora, mas quando fazemos a conversão, vemos que lá também é caro. A diferença entre um brasileiro e um americano está no quanto se ganha, não é somente o carro que é caro, nós é que ganhamos pouco.
Osvaldo 10 de julho, 2020 | 07:54
Tinha uma Hilux desde 2015 e em dezembro/2019 decidi trocar para uma Ranger Limited. Com respeito ao produto, realmente excelente. Satisfeito até agora com o desempenho. Mas quanto à Ford, tenho séria restrição no pós venda. Em viagem em janeiro/2020 o parabrisa trincou (pedra) e desde então tento comprar o produto (pedido 4392905) e a Ford não está nem aí. Cansei de ligar para o Ford Assistence (protocolo CAF00053106) e nada. Não dão retorno algum, 4 meses e nada. Estou me arrependo de ter trocado a Toyota pela Ford....
Moisés 09 de julho, 2020 | 16:14
Eu também devo comprar uma 0 km por esses dias , se eu ganhar na mega sena.
Zoio de Zoiar 09 de julho, 2020 | 14:22
Antes, devemos pensar: mesmo antes da crise, o Brasil era um dos maiores mercados do mundo, será que é tranquilo pagar um absurdo por um veículo? O brasileiro acha comum pagar caro em um automóvel, podemos dizer que virou até uma ?cultura?, algo que já é comum. Muitos acham normal desembolsar R$ 60 mil em um carro ?popular?, mas engana-se, esse é um preço de uma Mercedes-Benz semi-nova nos Estados Unidos, por exemplo.
Resumindo, somos trouxa.
Frederico 09 de julho, 2020 | 12:25
Para mim a Ranger hoje não perde nada para Hilux, eu amo essas pick-up, devo comprar uma zero por esses dias.
Carlos 08 de julho, 2020 | 18:08
Realmente essa Ford Ranger é um espaculo tinha um Ford Fusion, quando fiz test drive com consultor de vendas Mauricio fiquei impressionada com a tecnologia da Ford Ranger limitd gostei tanto que eu adquiri um.
Carro é top vale a pena.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO