Fernando Alonso vai voltar para a Fórmula-1 em 2021

Reprodução Twitter Fernando alonso


Espanhol vai defender a escuderia da Renault no próximo ano

O piloto Fernando Alonso, bicampeão mundial de Fórmula 1 (F1), anunciou nesta quarta-feira (8) que assinou contrato com a Renault para voltar à modalidade na temporada de 2021. Desde o fim de 2018, quando deixou a McLaren, o espanhol não participava da categoria. Após a divulgação do novo desafio, o piloto disse ao site oficial da F1 estar orgulhoso dessa terceira passagem pela equipe francesa.

"A Renault é minha família, minhas melhores lembranças na Fórmula 1 com meus dois títulos no Campeonato do Mundo. Mas agora estou olhando para o futuro. É uma grande fonte de orgulho, e com uma imensa emoção estou retornando à equipe que me deu a chance no início da minha carreira e que agora me dá a oportunidade de retornar no mais alto nível”, disse o piloto, conhecido como o Príncipe das Astúrias.

Alonso defendeu a Renault entre 2003 e 2006, sendo campeão mundial nos dois últimos anos. Posteriormente retornou em 2008, permanecendo até 2009, mas desta vez sem título. Desta vez, ele vai substituir o australiano Daniel Ricciardo, que está a caminho da McLaren na próxima temporada, e fará dupla com o francês Esteban Ocon.

O chefe da escuderia francesa, Cyril Abiteboul, afirmou que a contratação faz parte de um projeto ambicioso visando competitividade.

"A contratação de Fernando Alonso faz parte do plano do grupo Renault de continuar seu compromisso com a F1 e retornar ao topo do grid. A presença dele em nossa equipe é um ativo formidável no nível esportivo, mas também para a marca à qual ele está muito apegado.”

Além de Renault e MacLaren, Fernando Alonso, de 38 anos, também defendeu a Ferrari, e iniciou a carreira na Minardi, estreando na F1 em 2001. (Agência Brasil)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO