Regionais Florestais da Cenibra intensificam ações de prevenção à covid

Divulgação


Empresa adotou uma série de medidas para evitar a disseminação do novo coronavírus

Em meio à pandemia da covid-19, a Cenibra informa que adota medidas de prevenção recomendadas pelas organizações de saúde e autoridades públicas. Em todas as atividades dos processos de silvicultura, colheita, transporte e infraestrutura das Regionais Florestais, as ações foram intensificadas, reforça a empresa.

De acordo com coordenador de silvicultura Márcio de Souza Reis, a estratégia da empresa é manter as operações, que são atividades essenciais, da forma mais segura possível para os empregados. “Além de reforçar continuamente junto aos empregados a importância da adoção de práticas seguras, criamos ferramentas para monitorar e acompanhar a realização dessas ações pelas equipes operacionais e de apoio, de forma a garantir o cumprimento das medidas preventivas e preservar a saúde de nossos funcionários”, contou.

Entre as ações adotadas, estão: a desinfecção diária de veículos e das áreas de vivência no campo; construção de túnel de desinfecção; uso de termômetros em todas as frentes de serviços; disponibilização de álcool em gel e sabão nos veículos de transporte de pessoal; orientação aos motoristas de veículos leves para manterem janelas abertas ou semiabertas para a circulação de ar; recomendação aos empregados a utilizarem máscara; redução da capacidade de ocupação dos veículos de transporte para 50%; intensificação da higienização nos ônibus e micro-ônibus; aumento da frota de veículos para manter distância entre os passageiros; higienização constante dos equipamentos das atividades florestais; disponibilização de hipoclorito de sódio diluído em água para limpeza dos comandos das máquinas, assentos, entre outros. Conforme a Cenibra, todas as empresas prestadoras de serviço da área florestal também estão adotando ações para prevenção ao novo coronavírus.

As equipes da Florestal estão atualizadas com relação às diretrizes definidas pela Cenibra de combate ao coronavírus, e 50% dos analistas florestais e técnicos administrativos estão trabalhando em casa, detalhou a empresa.

Outra medida adotada é a utilização de uma caderneta de anotação de contatos que o empregado teve nos últimos dias, cujo objetivo é rastrear pessoas em situação de possível contágio.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO