Unimed Vale do Aço registra alto índice de pacientes recuperados da covid-19

Divulgação


Melrilene Alvarenga Andrade, de 33 anos, recebeu alta na última semana

Os números da covid-19 no Vale do Aço vêm crescendo e fazendo mais vítimas. Porém, em meio aos casos confirmados, há também histórias de superação, como é o caso de Melrilene Alvarenga Andrade, de 33 anos, que estava internada no Hospital Metropolitano Unimed (HMU), em Coronel Fabriciano, tratando da doença, e recebeu alta na última semana.

A beneficiária deu entrada na unidade hospitalar no último dia 29 de junho e teve alta no dia 2 de julho. Durante sua permanência no HMU, Melrilene foi mantida na ala da internação destinada à pacientes em tratamento da covid-19, informou a cooperativa de saúde.

Casos

Em levantamento interno feito pela cooperativa, dos 2.709 casos investigados, 621 foram confirmados. Atualmente, 11 pacientes se encontram internados (UTI/apartamento ou enfermaria), com cinco casos confirmados e seis aguardando o resultado do exame.

Ainda, de acordo com levantamento, 122 pacientes cumprem isolamento domiciliar, orientados conforme os protocolos do Ministério da Saúde e 489 beneficiários já se recuperaram da doença.

Dentre os casos confirmados, seja por coleta domiciliar ou de beneficiários que se dirigiram a uma das unidades da Unimed espalhadas pelo Vale do Aço, 257 são de Ipatinga, 156 de Coronel Fabriciano, 125 de Timóteo, 47 de Santana do Paraíso e 36 de outros municípios. No total, a Unimed Vale do Aço já registrou cinco óbitos pela covid-19.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Sandra Duarte 15 de julho, 2020 | 12:39
Gostaria que você colocace a divisoria em cada paciente

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO