Envolvido com o tráfico é preso na rua Cromos, no Iguaçu

Jovem e a namorada, não localizada pela polícia, estariam movimentando o comércio de drogas ilícitas

Divulgação Polícia Militar


Drogas e dinheiro apreendido no cerco policial à "boca de fumo" no Iguaçu

A prisão de um suspeito de 29 anos envolvido com o tráfico de drogas ilícitas confirmou as denúncias anônimas sobre o envolvimento dele e da namorada, uma jovem de 23 anos, na noite de sexta-feira (3). Inclusive, segundo as informações da comunidade, a L.S.T.C. seria conhecida como a “dona da rua Cromos”, em alusão a localização onde o casal movimenta o tráfico na rua Cromo, bairro Iguaçu, em Ipatinga.

O tenente Gabriel Arêdes, que comandou as equipes Tático Móvel, informou ao Diário do Aço sobre as denúncias da participação de um casal na residência na rua Cromos. A jovem, que tem passagens pela polícia pelo tráfico, estaria no comando da “boca de fumo”, situação que foi monitorada e confirmada após vigilância do local por uma equipe da PM.

Os policiais avistaram uma pessoa chegando junto ao portão e, por um buraco, um indivíduo entregava um objeto para o “cliente”. Assim que se aproximou mais um usuário, as equipes saíram para abordá-lo. Ele alegou que estava no local para comprar droga, situação impedida pela chegada dos policiais.

Enquanto isso, um dos PMs olhou pelo buraco no portão e viu T.A.S., de 29 anos, saindo do banheiro da casa e pulando a janela da cozinha para tentar fugir pelos fundos do imóvel. Ele não contava era que o local estava cercado. T.A. teve a fuga impedida ao ser preso por outros policiais que se encontravam no cerco da PM.

Uma porção de maconha foi avistada caída na porta do banheiro, duas lâminas de barbear e sacolinhas plásticas foram encontradas na cozinha. Pelo caminho onde passou o suspeito, localizadas cinco pedras de crack. O cano do esgoto do banheiro foi retirado e, nele, 27 papelotes com cocaína apreendidos.

Apreendido dinheiro no carro da suspeita
A chave de um Nissan Versa foi também localizada, veículo que seria de L.S. e encontrava-se estacionado na rua Araribóia. Em seu interior apreendida a quantia de R$ 1.201, dinheiro todo em cédulas de pequenos valores. A jovem, segundo o namorado, havia saído da casa com destino a um salão de beleza, minutos antes da chegada dos policias.

A casa abordada pela PM, segundo denúncias, seria apenas para o tráfico de drogas e o casal reside em um apartamento em outro local no bairro Iguaçu, mas os policiais não conseguiram localizar este endereço. A jovem também não foi encontrada. O namorado dela e os objetos apreendidos, entre eles uma maquininha para leitura de cartão bancário, foram entregues no plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO