Caçador é flagrado em Ipaba com caça abatida

Abordagem da PM ocorreu na cidade quando o autor voltava para a casa

Divulgação Polícia Militar


A arma usada para caçar o porco do mato, caça encontrada com o homem abordado

A posse de um animal abatido resultou na prisão de um caçador na noite de terça-feira (30) na rua Inhapim, no bairro Nossa Senhora das Graças, em Ipaba. A arma usada na caçada foi localizada próximo a uma lagoa, onde V.C.D., de 48 anos, a escondeu. A descoberta do crime ambiental ocorreu depois da abordagem ao suspeito em uma motocicleta.

Os policiais estavam patrulhando a cidade e viram V.C. em uma moto Honda Titan de cor azul e transportava um objeto na garupa. Ele ficou olhando constantemente para a viatura da PM, situação que gerou suspeita junto aos militares. O motociclista, ao notar que seria abordado, aumentou a velocidade e não parou mediante as ordens de parada dos militares.

O condutor da moto avançou sinal de parada obrigatória em várias ruas, colocando em risco a vida dele e de outras pessoas. Ao acessar a rua Inhapim, ele perdeu o controle e caiu do veículo. Apesar do tombo, o motociclista não se machucou. O objeto que V.C. transportava era um porco do mato abatido.

Com a localização da caça, o porco do mato que teria sido abatido na região da fazenda Macedônia, na zona rural de Ipaba, ele confessou que escondeu a arma nas proximidades da lagoa Nova. A espingarda, de fabricação caseira, foi encontrada pelos policiais militares e apreendida com munição.

O animal abatido foi descartado em uma área rural, como determinou o delegado de plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga, na presença de testemunhas e o condutor da moto recebeu multas de trânsito, além da apreensão da motocicleta. V.C. foi encaminhado para a delegacia com a arma e munição apreendidas.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Sandro 02 de julho, 2020 | 13:37
Essas pessoas não podem ser consideradas caçadores e sim como pessoas danosas ao meio ambiente com crueldade na ocorrência.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO