Servidores do Ceresp de Ipatinga testam positivo para covid-19

Secretaria de Estado de Justiça e Segurança informou que 13 pessoas estão afastadas de seus postos de trabalho

Divulgação


Sejusp assegura que os trabalhadores estão cumprindo quarentena

Após burburinho nas mídias sociais, dando conta de que servidores do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) de Ipatinga haviam testado positivo para covid-19, a informação foi confirmada pelo Diário do Aço. Na nota enviada pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança (Sejusp), na noite de segunda-feira (29), consta que 13 servidores foram afastados de seus postos de trabalho, em razão da doença.

Conforme a Sejusp, “há 13 servidores testados positivo para covid-19, lotados no Ceresp Ipatinga, depois da realização de testes rápidos. Eles estão afastados, cumprindo a quarentena em casa, conforme determina o protocolo de ações do Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG), que segue monitorando a situação para prestar a todos os seus servidores o suporte necessário”, assegurou a pasta, por meio de nota.

Representantes do Sindicato dos Policiais Penais Vale do Aço e Região demonstraram indignação com a situação dos colegas. Isabel Rainha, que integra o sindicato, explica que a classe tem lutado por melhores condições de trabalho nas unidades prisionais. “Temos cobrado, mas temos visto diretores omissos. Nosso pessoal está adoecendo e ninguém faz nada. Omissão também por parte do Estado, nosso pessoal está largado às traças, ninguém está nem aí. Máscaras e álcool em gel foram fornecidos, mas os exames não. Em Açucena teve testagem, parabéns pela iniciativa, mas aqui falta. Há casos de servidores com pressão alta e que estão na ativa, apesar de serem grupo de risco”, lamenta.

Outro integrante do sindicato, Leonardo Cruz, acrescenta que tem tentado contato com Secretaria responsável e com o Governo do Estado para que os testes rápidos sejam feitos nas unidades, porém, até o momento, não houve acesso a nenhum tipo de exame ou retorno quanto a isso. “Temos nas unidades da Região Integrada de Segurança Pública vários policiais afastados e alguns confirmados [com a covid-19]”, reforçou.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Roberto 30 de junho, 2020 | 16:38
Infelizmente o estado está preocupado so com os presos pois os funcionários estão expostos também a essa doença e o estado ñ está cumprindo com o seu dever de testar todos os agentes uma vez q alguns trabalham em uma distância menor q 1 metrô do outro onde ñ é recomendada , e se ñ for feito nada pra proteger os funcionários com mais responsabilidade o estado corre risco de sofre um grande problema com falta de funcionários e consequentemente os presos serao prejudicados.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO