Atlético é condenado a pagar R$ 400 mil a Carlos César

Bruno Cantini


Lateral-direito moveu ação contra o clube na Justiça; Galo ainda pode recorrer

O Atlético foi condenado no processo movido pelo lateral-direito Carlos César na Justiça do Trabalho. Conforme decisão tomada na 32ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, o clube deverá pagar R$ 400 mil ao jogador. O Galo ainda pode recorrer. A informação foi divulgada pela Rádio Itatiaia.

O valor total é referente a pagamento de férias (2015/2016, 2016/2017 e 2017/2018); salários; diferenças de gratificações natalinas e férias com o terço, “bicho”, “premiação" e “gratificação”, relativas aos anos 2015, 2016 e 2017; e valores devidos de FGTS.

O lateral defendeu o Galo entre 2011 e 2019, integrando a equipe campeã da Copa Libertadores em 2013 e Copa do Brasil em 2014. Ele fez 101 jogos com a camisa do Atlético e marcou cinco gols. Atualmente ele defende as cores do Criciúma.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO