Mulheres já são a metade dos empreendedores em estágio inicial no Brasil

Divulgação


De 2018 para 2019, o percentual de empreendedoras iniciais passou de 12 milhões para 16 milhões mulheres

Metade dos brasileiros que estão tentando criar um negócio ou já são proprietários e administram um empreendimento com até 3,5 anos de mercado são mulheres. É o que mostra o relatório executivo Global Entrepreneurship (GEM), realizado no Brasil pelo Sebrae em parceria com o IBQP. O estudo, divulgado este ano, registrou aumento no percentual de mulheres empreendedoras em estágio inicial.

“As mulheres estão cada vez mais atuantes no mundo dos negócios. De 2018 para 2019, o percentual de empreendedoras iniciais passou de 12 milhões para 16 milhões mulheres, chegando a 50% do total de empreendedores neste estágio no último ano”, explica a analista do Sebrae Minas, Rachel Dornelas.

E é para instigar cada vez mais o empreendedorismo feminino que foi criado o Sebrae Delas – Mulher de Negócios. O projeto do Sebrae incentiva, apoia e orienta mulheres que transformam sonhos em oportunidades de negócios. Nesta quinta-feira (2) será lançado o Instagram do projeto - @sebraedelas.minas - com a live da consultora estratégica de negócios, host do podcast Vieses Femininos e idealizadora do movimento Mulheres do Imobiliário, Elisa Tawil. Durante o bate-papo, que acontece às 19h, Tawil vai falar sobre a mulher contemporânea e seus desafios diários.

Assim como o projeto, o perfil do Instagram do Sebrae Delas – Mulher de Negócios é baseado em três pilares: inovação, transformação digital e habilidades comportamentais. Neste ambiente online, as empreendedoras poderão ficar por dentro de informações, novidades e eventos do projeto e de outras redes de mulheres empreendedoras. Elas também vão conhecer histórias de superação de mulheres que driblaram os desafios e hoje são sucesso nos negócios.

Além disso, receberão dicas de livros, filmes e séries inspiradas no empreendedorismo feminino. Terão ainda espaço para experiências e saber mais sobre gestão, mídias sociais, finanças, marketing, modelo de negócios, legislação, mercado, vendas, organização, pessoas e planejamento. Tudo isso em um só canal.

“Por meio de conteúdo interativo, as empreendedoras poderão se identificar com angústias, desejos e determinações de outras mulheres que estão no comando das empresas. Além disso poderão se capacitar e estarem atualizados sobre o mundo empresarial”, justifica a analista do Sebrae Minas.

Sebrae Delas em Minas

Criado em 2018 o projeto já capacitou empreendedoras de norte a sul de Minas Gerais em palestras, encontros, workshops e eventos empresariais. A iniciativa oferece um acompanhamento das empresas de mulheres que desejam abrir um negócio ou que pretendem melhorar a gestão.

O projeto prevê ainda o mapeamento e a identificação de entidades e organizações de apoio ao empreendedorismo feminino para a criação de uma rede que terá encontros periódicos para propor e validar uma agenda de atividades voltada para as empreendedoras.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Isaac Júnior 30 de junho, 2020 | 02:11
1,4 milhões de postos de trabalho foram fechados por causa do coronavirus. Neste momento tão difícil faz com que pessoas migrem para o trabalho informal. Para quem já nasceu com o espírito empreendedor e que queira abrir um negócio a dica é façam o curso on-line do sebrae com certificado. Os cursos são: gestão de pessoas, gestão de qualidade, gestão financeiro etc...Se reinvente!

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO