Jovem é morto a tiros no Macuco, em Timóteo

Vítima foi atingida por tiros ao lado da companheira, na noite desta sexta-feira

Google/Reprodução

A vítima foi atingida a tiros no bairro Macuco, em Timóteo

Morreu durante atendimento médico, Washington da Silva Júnior, de 20 anos, depois dele ser baleado na rua Parque Estadual do Rio Doce, no bairro Macuco, em Timóteo. Washington foi atingido por tiros na noite desta sexta-feira (26) e, de acordo com as informações repassadas pela Polícia Militar, o autor seria um adolescente de 15 anos que está sendo procurado na cidade.

O Diário do Aço apurou que a vítima e sua companheira foram até um bar comprar refrigerante, por volta das 20h. Assim que saíam, eles avistaram o autor se aproximar com uma arma de fogo em punho. Washington disse para a jovem correr, momento em que ele foi alvo dos tiros disparados pelo autor do crime.

Os policiais militares, ao serem acionados, depararam com a vítima ainda com sinais vitais e ela foi socorrida na viatura policial. O jovem foi atendido no Hospital Vital Brazil, onde os médicos constataram perfurações de tiros na testa, pescoço, peito e braço esquerdo. O jovem não resistiu e morreu.

As equipes da PM conseguiram identificar o autor dos tiros, um adolescente de 15 anos envolvido com crimes de roubo na cidade, mas ele não foi encontrado. O local do atentado foi periciado pela Polícia Civil. O corpo de Washington, que também tinha passagens policiais, foi encaminhado ao IML de Ipatinga para ser necropsiado.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Morador 29 de junho, 2020 | 07:53
Jaja o cerol fininho passa... e a pipa sobe
Anônima 27 de junho, 2020 | 10:54
Covardia, quem traiu vai pagar ,ele é menino bom ,não tinha guerra com ninguém

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO