Presídio de Coronel Fabriciano inicia projeto de visitas virtuais com familiares de presos

Iniciativa começou a ser realizada no dia 24 de junho e dezenas de detentos já puderam matar as saudades de seus familiares

Divulgação


Videoconferência é realizada em sala do presídio que recebeu parte dos equipamentos distribuídos para todas as unidades prisionais pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp)

O presídio de Coronel Fabriciano executa um trabalho diário de aproximação dos presos com os seus familiares, a fim de reduzir ao máximo os impactos do distanciamento social na prestação dos serviços de custódia e ressocialização.

Uma dessas ações é o início do projeto “A Esperança Vem de Casa”, que permite a realização de visitas virtuais entre presos e seus familiares. A previsão da direção da unidade prisional é que 50 ligações do tipo sejam realizadas por semana, uma média de 10 por dia.

Tudo ocorre em uma sala da unidade com equipamentos que foram distribuídos para todas as unidades prisionais pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). Além das chamadas de vídeo, o local também é utilizado para realizações de audiência judiciais por meio de videoconferência, que começaram logo que o isolamento social foi decretado. Os familiares também podem entrar em contato com os presos por meio de ligações telefônicas e correspondências.

No momento, mais de 66 unidades prisionais em Minas já colocaram o projeto em prática. O objetivo é que todas elas possam oferecer mais este canal de comunicação entre familiares e custodiados durante este período. A Sejusp ressalta, que a ação é momentânea e não substituirá as visitas convencionais, que serão retomadas tão logo a situação se normalize.

O Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG) adotou várias ações para prevenir e controlar a disseminação da covid-19 no ambiente prisional. A suspensão das visitas foi uma das medidas de controle adotada para diminuir a circulação de pessoas externas nas unidades prisionais, assim como a entrega, até então opcional, de kits suplementares contendo alimentos, remédios entre outros itens, para evitar a circulação de materiais contaminados. Destaca-se que esses itens continuam sendo fornecidos pelas unidades prisionais e recebidos, ainda, via Correios.

Para participar, o familiar pode entrar em contato diretamente com a unidade prisional, (prcfagendamentos@gmail.com ) desde que ele já seja cadastrado para realizar as visitas presenciais, e solicitar o agendamento com o setor responsável.

Outra possibilidade é mandar um e-mail para daf@seguranca.mg.gov.br e solicitar o auxílio da equipe de atendimento. Aqueles familiares que estão com o cadastro vencido também podem solicitar as visitas. (Ascom Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública - Sejusp)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Cidadao 01 de julho, 2020 | 17:11
Enquanto trabalhadores lutado para andar em dias com seus compromisso as vezes nem sobra dinheiro para ter internet vagabundos presos agora com sala de internet para presos acorda meu povo acorda brasil

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO