PM vai abordar quem que não fizer uso correto da máscara

A Polícia Militar de Minas Gerais iniciou, nesta quinta-feira (25), a abordagem de pessoas que não estiverem seguindo as recomendações de prevenção ao novo coronavírus, como o uso de máscara e o distanciamento social. A medida foi anunciada pelo governador Romeu Zema nesta quarta-feira (24), em pronunciamento transmitido ao vivo pelas mídias sociais.

O objetivo é conscientizar a população sobre a importância de redobrar os cuidados e se proteger, para conter o avanço da pandemia no estado. O governador ressaltou que a ação faz parte do esforço da gestão estadual para preservar a saúde dos mineiros. “A Polícia Militar não vai prender ninguém, não vai multar. Mas vai passar a proceder de uma maneira diferente nos 853 municípios, orientando a população e pedindo, principalmente, o uso constante e correto da máscara, que passará a ser obrigatória”, explicou.

“Nós teremos a função de orientar para fazer com que as pessoas despertem a consciência. A parte de fiscalização ficará a cargo de cada município. A PM, como já vem fazendo, entrará com um suporte. É uma guerra, é um combate, e precisamos estar conscientes. A ação de cada pessoa é o que vai garantir o resultado final. O nosso objetivo principal é preservar vidas”, afirmou o comandante-geral da PMMG, coronel Rodrigo Sousa Rodrigues.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Adir Ventura de Souza 28 de junho, 2020 | 16:19
Serio. E o botecos cheio de cachaceiros nas portas sem mascara. Tem fiscal nada devem ta andando a toa por ai.

Lauro Ferreira 28 de junho, 2020 | 13:07
Que nosso vale do aço?
Tá igual petista falando que a Petrobrás é nossa,
Vai lá abastecer de graça pra ver!
Liliane Melo 26 de junho, 2020 | 15:41
Ontem a noite liguei para 190 para solicitar policia no bairro por motivo de aglomeração de jovens e sem mascaras , som alto e soltando bomba. Quando o soldado explicou que o governador não enviou nenhum decreto sobre esta medida. Que deveria ligar para prefeitura(a noite não tem funcionamento) que eles que iriam averiguar a situação para chamar a PM. Fiquei indignada com a resposta do soldado. Desobedecendo as ordens do governador Romeu Zema. Ipatinga está acontecendo em vários bairros aglomerações em praça, rua, bar(que fica de porta fechada), sítios, casa e outros. E após o governador anunciar a medida junto com a Policia Militar fui averiguar se estava funcionando a medida. Infelizmente não está acontecendo e enquanto isto cada dia mais mortes, mas doentes e mais as pessoas classe rica ou média fazendo suas caminhadas sem mascaras e aglomerados. Cadê a prefeitura? Cadê os fiscais? A culpa não é dos comerciantes e sim da população que não estão preocupados com a pandemia. E caso de choro , tristeza e medo. o QUE SERÁ DO NOSSO VALE DO AÇO?

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO