Nova ponte Severo na BR-381 está com 85% da estrutura concluída

Novo traçado vai retirar a BR-381 de um trecho complexo; rodovia que hoje passa sob ferrovia terá ponte elevada sobre a EFVM

Divulgação


Novo traçado vai retirar a BR-381 de um trecho complexo, em Antônio Dias. A rodovia que hoje passa sob a ferrovia, em um viaduto estreito e em curva, incapaz de comportar o tráfego, terá ponte elevada sobre a Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM)

Neste mês de junho, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) avançou um pouco mais nas obras de construção da ponte Severo I, na duplicação da BR-381. Esse trecho pertence ao lote 3.1, que compreende o trevo de Jaguaraçu até o ribeirão Prainha.

A travessia em Antônio Dias já tem cerca de 85% de toda a estrutura pronta e vai abrigar, quando concluída, tráfego em duas pontes paralelas, com o sentido de fluxo individual duplicado. A frente de obras está localizada no km 295 da rodovia federal, no município mineiro de Antônio Dias.

Trata-se de um Novo traçado, que vai retirar a BR-381 de um trecho complexo. A rodovia que hoje passa sob a ferrovia, em um viaduto estreito e em curva, incapaz de comportar o tráfego, terá ponte elevada sobre a Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM).

A ponte tem o diferencial de construção com a utilização de estruturas metálicas para compor as vigas de sustentação das pistas. Esta solução de engenharia reduz o tempo de obra e os impactos ambientais, além de estimular a economia da região do Vale do Aço.
Alex Ferreira


Travessia da EFVM na BR-381 em Antonio Dias terá viaduto sobre a ferrovia

As vigas são fabricadas pela Usiminas Mecânica, em Ipatinga e ainda conferem mais leveza para toda a estrutura. Os vãos variam de 69 a 86 metros de altura, conforme o relevo abaixo da plataforma. As vigas recebem tabuleiro em concreto armado, com 9,2 metros de largura, e o revestimento asfáltico para compor a pista de rolamento.

A ponte está no traçado projetado da BR-381/MG denominado Binário Piracicaba e é construída para vencer o Vale do córrego Severo, eliminando curvas e aclives da pista antiga. Desta forma, o novo trecho vai proporcionar mais segurança aos usuários da rodovia.

Saiba mais:
Cinco lotes da duplicação da BR-381 ficam à espera da concessão à iniciativa privada

Obras do lote 3.1

Quando finalizada, a ponte do Severo I terá 227,9 metros de extensão, compondo o conjunto de obras de artes especiais (OAEs) do lote 3.1 das obras de duplicação da BR-381/MG. Atualmente, este lote de obras possui 13 quilômetros de pistas duplicadas entre o km 297 e o km 310, sendo estes compostos pelas pontes Severo I e Prainha, os túneis Antônio Dias e Prainha, e a Passagem Inferior de Antônio Dias, que já estão liberados ao tráfego de veículos.

Ao todo são seis pontes, quatro túneis, dois viadutos e uma passagem inferior (PI) que compõe os três binários projetados. (Gestão Ambiental BR-381 Norte)

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Neneco 25 de junho, 2020 | 14:08
Nos últimos dois anos foram inalgurados dois trechos de 6 Km separadamente, isto quer dizer que daqui a Monlevade ficará pronto em mais ou menos 14 anos.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO