Ipatinga recebe autorização para iniciar nova fase de obras de saneamento

Incluído entre um dos 39 municípios impactados pelo rompimento da barragem de Fundão, no município de Mariana, Ipatinga está autorizada a dar sequência às obras de saneamento com os recursos financeiros do Programa de Coleta e Tratamento de Esgoto e de Destinação de Resíduos Sólidos da Fundação Renova. O programa está previsto no Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC). A informação foi divulgada pela Fundação Renova.

No dia 22 o município recebeu do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), instituição responsável pelo repasse dos recursos da Fundação Renova aos municípios mineiros, a autorização para que seja feita a ampliação do sistema de coleta e tratamento de esgoto da avenida Maanain (trecho entre a rua Guaraci e rua Cariris) e a ampliação dos sistemas de coleta e tratamento de esgoto dos bairros Limoeiro e Granjas Vagalume. As obras aprovadas têm valor aproximado de R$ 6 milhões.

Atualmente, Ipatinga tem três pleitos vigentes no Programa de Coleta e Tratamento de Esgoto e de Destinação de Resíduos Sólidos. O valor teto para o município é de quase R$ 18 milhões, sendo 90% desse valor destinado para esgotamento sanitário e 10% para resíduos sólidos.

A liberação das parcelas do recurso está condicionada à adequada execução da obra, que será vistoriada pelo BDMG antes de cada repasse.

Em março deste ano, Ipatinga recebeu autorização para começar as obras com recursos do Programa de Coleta e Tratamento de Esgoto e de Destinação de Resíduos Sólidos, da Fundação Renova. Essas obras ainda estão em execução e consistem na ampliação do sistema de coleta e tratamento de esgoto dos bairros Horto e Vila Celeste. As obras aprovadas têm valor de pouco mais de R$ 6 milhões.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO