STJD autoriza jogos do Fluminense e Botafogo a partir do dia 28

Lucas Merçon/FFC


O Fluminense, assim como o Botafogo, pleiteava a retomada das partidas no período de 1º a 4 de julho

O Campeonato Carioca de 2020 teve mais um capítulo, nesta terça-feira (23), para tentar retornar aos jogos, após paralisação por quase três meses por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu que Fluminense e Botafogo voltem a jogar a partir dos dias 28 a 1º de julho, pelas quarta e quinta rodadas da Taça Rio (segundo turno da competição). As duas equipes pleiteavam a retomada das partidas no período de 1º a 4 de julho.

Em extensa nota oficial, o alvinegro afirmou que vai cumprir o veredicto do STJD, mas deixou claro o descontentamento com o retorno do futebol no estado do Rio de Janeiro.

“É constrangedor ser obrigado a competir no único país que planeja jogos de futebol convivendo com registros, em média, superiores a 1.000 mortes e 30.000 contaminações por dia. O único no mundo a iniciar partidas com essa marca de óbitos e casos. A pressa é sem explicação: não há outras competições, nacionais ou internacionais, agendadas. Não há calendário futuro. Jogar com essas marcas é falta de respeito aos mortos e seus familiares. E sob um recorde fúnebre. Para não enlamear mais o campeonato em que as pessoas perderam o bom senso, o Botafogo está fazendo sacrifícios para encerrar esse triste momento".

A Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) já atualizou a tabela e marcou os confrontos do Botafogo e do tricolor para este domingo (28). O alvinegro encara a Cabofriense, às 11h, no estádio Nilton Santos. O Fluminense, que ainda não se manifestou sobre a decisão do STJD, deve jogar contra o Volta Redonda, às 19h, no Maracanã. Entretanto, em se tratando de campeonato carioca nada é definitivo. (Agência Brasil)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO