Apreendida arma que pode ter sido usada em execução no Esperança

Pistola de calibre 40 foi localizada com suspeito de tráfico de drogas ilícitas em Ipatinga

Divulgação Polícia Militar


Além da arma, drogas e dinheiro foram recolhidos pelos policiais na casa do jovem denunciado

Em uma ocorrência de tráfico de drogas ilícitas, registrada na rua Petúnia, no bairro Esperança, em Ipatinga, policiais apreenderam uma pistola de calibre 40 com um jovem de 25 anos na noite desta segunda-feira (22). A arma de fogo tem o calibre de uma das usadas na execução de Josimar Assis Pereira, de 29 anos, crime ocorrido no bairro Nova Esperança na quinta-feira (18).

Os policiais militares realizavam uma operação na região do bairro Esperança e foram informados que B.M.A., de 25 anos, pode ter participação no homicídio de Mazinho, como era conhecido Josimar Assis. No momento que as equipes chegaram à casa do suspeito, J.C.R.S., de 18 anos, alertou sobre a presença dos PMs e trancou o portão da residência.

J.C. jogou as chaves na varanda da casa, na parte superior, e arremessou ainda uma sacola, mas ela ficou presa nos galhos de uma árvore. O suspeito foi detido pelos PMs, que recolheram o objeto e verificou que havia nela embalagens com resíduos de cocaína.

O denunciado encontrava-se na varanda e tentou correr para o terraço, contudo não conseguiu escapar dos policiais e foi preso. Ele estava portando uma pistola de calibre 40 com oito cartuchos intactos, arma que caiu sobre o telhado da casa vizinha, e na cintura um aparelho de radiocomunicador sintonizado na frequência da Polícia Militar.

Na varanda, onde se encontrava, os policiais localizaram sobre uma mesa buchas de maconha, faca, dinheiro, balança e outros apetrechos usados no tráfico de drogas. Uma mochila com 13 porções e um tablete de maconha, um papelote de cocaína, balança, R$ 185 e até uma maquininha de leitura de cartão de crédito também recolhidos pelos PMs que participaram do cerco.

As buscas continuaram na residência e localizada a quantia de R$ 284 em uma embalagem de acondicionar garrafa de uísque. No guarda-roupas foram aprendidos R$ 800, que segundo a companheira de B.M,, a C.C.F.M., de 22 anos, o dinheiro teria sido dado pelo pai dela para a compra de uma geladeira. Outros R$ 550 recolhidos pelos policiais militares na bolsa da jovem.

C.C. alegou aos policiais que o dinheiro é da venda de açaí na casa dela, mas a PM só localizou dois potes do produto no freezer da geladeira. Além disso, não havia qualquer estoque de açaí ou utensílios que pudesse caracterizar o que afirmou a jovem em sua defesa, de acordo com informações dos militares.

Vítima do homicídio foi atingida por tiros de armas diferentes
O Diário do Aço apurou que a apreensão da arma de fogo com B. pode ajudar a elucidar o assassinato de Josimar, que foi executado em uma lanchonete na rua vereador Samuel Gomes Lopes (antiga rua Um), no Nova Esperança. A vítima foi alvo de diversos disparos efetuados por cinco autores, com pelo menos duas armas diferentes, tiros de calibres 380 e 40.

A motivação do crime pode estar ligada por disputa de ponto de tráfico de drogas ilícitas no bairro. Os possíveis mandantes da execução de Mazinho já foram identificados e o caso está em investigação pela delegacia de Homicídios. Os três abordados na casa foram encaminhados para o plantão da Polícia Civil juntamente com o material recolhido.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO