Sebrae oferece bolsas para Agentes Locais de Inovação em Minas Gerais

Divulgação


Selecionados atenderão pequenos negócios mineiros na implementação de soluções inovadoras

Estão abertas as inscrições para o edital de seleção do Programa Agentes Locais de Inovação (ALI), em Minas Gerais. Das 150 vagas oferecidas para profissionais com curso superior, 100 são para contratação imediata e 50 para cadastro de reserva. Os selecionados receberão bolsas de R$ 4 mil. As inscrições podem ser feitas até o 12 de julho pelo site www.concepcaoconsultoria.com.br.

Podem se inscrever no edital do Sebrae, profissionais graduados em Administração, Ciências da Computação, Ciências Contábeis, Design, Economia, Engenharias (todas), Sistemas de Informação, Comércio Exterior e Marketing, que tenham concluído o curso partir de 1º de janeiro do ano de 2011.

As vagas abertas são para mais de 60 cidades, entre elas, Caratinga, Governador Valadares, Guanhães, Ipatinga e João Monlevade. A taxa de inscrição é de R$ 80.

Seleção

A seleção consiste em três etapas: análise curricular e documental, provas objetivas e discursivas, e análise de perfil dos candidatos, realizada em plataformas on-line. Os períodos de realização e as exigências estão divulgados no site da empresa organizadora do edital: www.concepcaoconsultoria.com.br.

Os 150 candidatos selecionados participarão de uma capacitação durante o mês de setembro de 2020. Após esse período, os 100 profissionais mais bem classificados na etapa de capacitação receberão uma bolsa no valor de R$ 4 mil/mês. Os demais (50 candidatos) entram para o cadastro de reserva do programa ALI.

A expectativa é que os Agentes Locais de Inovação aprovados em Minas Gerais visitem, até 2022, cerca de 12 mil MPE em todo o estado. A previsão é que cada bolsista acompanhe em torno de 120 empresas no período de 24 meses.

ALI

Os Agentes Locais de Inovação são bolsistas capacitados pelo Sebrae que orientam as Micro e Pequenas Empresas (MPE) mineiras selecionadas pelo programa ALI. Entre as suas funções está o de ajudar o empresário a identificar problemas e buscar soluções inovadoras de acordo com as particularidades de cada empreendimento dos setores da indústria, comércio e serviços.

As orientações realizadas pelos agentes permitem aos empresários implementarem mudanças que impactam diretamente na inovação dos pequenos negócios, principalmente, na melhoria de produtos, serviços ou processos e, ainda, na identificação de novos nichos de mercado.

O programa ALI é uma iniciativa do Sebrae em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO