Homem é assassinado no Aparecida do Norte, em Fabriciano

Vítima foi alvo de tiros disparados por duas pessoas não identificadas, no fim da noite deste sábado

Reprodução


José Pinheiro Gonçalves foi assassinado ao chegar em sua casa, na avenida São Paulo, bairro Aparecida do Norte, em Coronel Fabriciano

José Pinheiro Gonçalves, de 54 anos, morreu depois de ser alvo de diversos disparos de arma de fogo na avenida São Paulo, no bairro Aparecida do Norte, em Coronel Fabriciano. José foi surpreendido pelos assassinos no momento em que chegava na casa dele, em um Ford Corcel II, e não teve chance de se defender. Morreu no interior do veículo, ao lado da companheira, no fim da noite de sábado (20).

A mulher, de 50 anos, relatou aos policiais militares que esteve em um bar na companhia de José Pinheiro, estabelecimento localizado no bairro Aparecida do Norte e depois foram para outro bar ficando neste segundo local até as 23h40.

Assim que o casal foi embora, e se aproximava da residência onde mora, foi surpreendido por dois homens.

A testemunha alega que não viu quem seriam, pois na hora colocou as mãos no rosto, para se proteger, e os criminosos efetuaram diversos disparos contra José Aparecido. Os assassinos fugiram em seguida no sentido a um morro nas proximidades e desapareceram.

Os socorristas do Corpo de Bombeiros foram acionados, mas ao chegar ao local encontraram José Pinheiro já sem vida. A perícia da Polícia Civil constatou nove perfurações de tiros na cabeça e pescoço de José. O corpo foi removido ao Instituto Médico-Legal (IML) de Ipatinga para ser necropsiado logo depois dos trabalhos periciais.

A esposa da vítima sofreu um corte no dedo da mão direita, atingida por estilhaço do vidro da porta do motorista, quebrado pelos disparos da arma de fogo. Ela foi encaminhada ao Hospital Dr. José Maria de Morais, onde foi atendida e liberada logo depois.

Os policiais militares recolheram os celulares do casal para serem periciados pela Polícia Civil. As buscas da PM continuam para elucidar este assassinato.

Qualquer informação pode ser repassada via 181, Disque Denúncia Unificado (DDU) ou no 190 da Polícia Militar, não precisa se identificar.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO