Cinco homens executam jovem no bairro Nova Esperança, em Ipatinga

Vítima foi assassinada ao lado da companheira depois de ser alvo de tiros de pistola de calibres diferentes

Wellington Fred / Reprodução


Josimar "Mazinho" foi assassinado com diversos tiros na noite desta quinta-feira

A polícia investiga um homicídio registrado na noite desta quinta-feira (18) na rua Um, no bairro Nova Esperança. O comerciante Josimar Assis Pereira, de 29 anos, conhecido como “Mazinho”, foi alvo de diversos disparos de armas diferentes, enquanto se preparava para lanchar em um comércio. Ele estava acompanhado da sua mulher.

O Diário do Aço esteve no local do crime e conversou com os policiais miliares responsáveis pelo atendimento da ocorrência. Josimar e a companheira, uma jovem de 20 anos, pararam a moto em que estavam e foram para uma lanchonete. Enquanto aguardavam, se aproximaram cinco homens encapuzados e todos armados, conforme revelaram algumas pessoas.

Os criminosos foram direto até a vítima e abriram fogo contra o jovem, que não teve tempo de escapar. “Em seguida, depois dos tiros, os autores do crime correram para um matagal nas proximidades e não foram mais vistos”, disse o sargento Weber, enquanto acompanhava o trabalho da perícia da Polícia Civil na cena do crime.

Uma unidade do SAMU chegou a ser acionada, mas não havia nada a ser feito, senão constatar o óbito de Josimar. Nas proximidades do local do crime foram recolhidas pelo menos 14 cápsulas de munição calibre 380, quatro de .40 e duas de calibre 9 milímetros, mas os policiais não descartam que a vítima tenha sido atingida com tiros de outras armas, possivelmente revólveres.

O corpo de Mazinho foi removido pela Funerária Nova Aliança, que se encontra de plantão, e levado para o Instituto Médico-Legal (IML) de Ipatinga. O número certo de tiros que acertaram a vítima não foi possível ser determinado pela perícia, diante da situação em que se encontrava a vítima. A quantidade correta será possível definir somente com o exame de necropsia.

Um dos policiais informou ao Diário do Aço que Josimar frequentava constantemente o bairro, mas ele morava na rua Bical, no bairro Bethânia, no aglomerado do Morro Santa Rosa. Ele possuía uma loja online de produtos eletrônicos e, segundo a PM, tem passagens por tráfico de drogas e estelionato. As buscas da polícia continuam para a elucidação do crime.


Cinco homens executam jovem no bairro Nova Esperança, em Ipatinga
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Da Gc 19 de junho, 2020 | 13:55
Ele ja estava jurado de morte a muito tempo. Quem foi, foi pra matar mesmo, sem ter chances nenhuma pra escapar. Infelizmente na vida do crime é assim, ou você morre ou você morre. Esses jovens de hoje pode abrir o olho... pega como exemplo a não ser seguido.
Da Gm 19 de junho, 2020 | 12:16
Descanse em paz camarada que Deus conforte o coração de toda a fml bda! O crime e foda abre o olho menorzada saiam dessa vida ou é cadeia ou caixão??
Thiago 19 de junho, 2020 | 05:16
Só Deus minino novo com uma vida grande na frente e isso que o crime oferecer muita ostentação muita fama e isso que o crime oferecer ,eu graças a Deus sai desta vida tiver a oportunidade de ver que nesta vida que vc só fale que tem no dia que cai na cadeia não sobrar nem um amigo aí que o cara abre o olho assim foi eu abri meus olhos na cadeia quando os moleque da quebrada manda um salve ,até ache que salve encher barriga salve não malandro ,mais Deus conforta o coração bda família ?

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO