15 de junho, de 2020 | 00:01

Ipatinguense teve auxílio emergencial desviado em fraude

Ao procurar a Caixa, beneficiário de Ipatinga foi informado que o recurso já tinha sido sacado; a investigação apontou a fraude efetivada em Mogi Guaçu, em São Paulo

Tiago Araújo
Quando a vítima ipatinguense tentou cadastrar no aplicativo Caixa Tem, descobriu que alguém já havia usado seu CPF para cadastroQuando a vítima ipatinguense tentou cadastrar no aplicativo Caixa Tem, descobriu que alguém já havia usado seu CPF para cadastro

Concedido pelo Governo Federal, o auxílio emergencial de R$ 600 é um benefício financeiro destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, o benefício tem sido alvo de constantes reclamações de fraude.

O objetivo do programa é minimizar os impactos financeiros causados pela pandemia da covid-19 no país. Com isso, desde abril deste ano os beneficiários já recebem o auxílio conforme as respectivas datas de pagamento. Mas nem todos que precisam conseguiram acesso ao benefício e ainda, outros que tiveram o recurso liberado ainda foram vítimas de golpes e ficaram sem o dinheiro.

Apesar de o auxílio emergencial ter como intuito ajudar financeiramente as pessoas que realmente precisam do dinheiro, tal benefício também tem chamado a atenção de estelionatários. Em entrevista ao Diário do Aço, N.S.J., de 20 anos, morador de Ipatinga, conta que não foi possível sacar sua segunda parcela do auxílio porque um desconhecido conseguiu se apropriar do valor de R$ 600 em seu nome.

“Na quarta-feira (10), compareci a uma agência da Caixa, para sacar o auxílio, porém, quando fui sacar, fui informado que não tinha mais o saldo disponível. Comuniquei ao banco o problema, que me informou que havia sido feita uma compra pelo aplicativo da Caixa, o Caixa Tem, no valor de R$ 600, em meu nome, em um estabelecimento localizado no município de Mogi Guaçu, em São Paulo, no dia 4 deste mês”, contou a vítima.

CPF utilizado

N.S.J. também relata que ao tentar fazer o cadastramento pela primeira vez no aplicativo Caixa Tem, para obter mais detalhes sobre seu benefício, ele percebeu que alguém já tinha utilizado seu CPF para criação de uma conta no aplicativo, com um e-mail desconhecido. “Não sei como essa pessoa conseguiu pegar meus dados pessoais. Ninguém solicitou minha senha por telefone, SMS ou e-mail. Toda vez que eu tentava criar uma conta no aplicativo Caixa Tem aparecia a mensagem de que meu CPF já tinha sido usado para criação de outra conta. Para tentar resolver meu problema, fui orientado a fazer o registro de contestação na Caixa e em até 10 dias úteis terei um retorno do banco sobre o meu problema”, detalhou.

Caixa Tem

Além do aplicativo Auxílio Emergencial, foi criado o aplicativo Caixa Tem para facilitar o acesso a serviços sociais e a diversas transações bancárias. Nesse novo aplicativo é possível acessar informações sobre o auxílio emergencial, benefícios e programas sociais, além de informações ao trabalhador como FGTS, Abono Salarial do PIS e Seguro-Desemprego.

Além disso, com o Caixa Tem é possível fazer compras na internet utilizando o Cartão de Débito Virtual, gerado gratuitamente no próprio aplicativo e, também, compras no comércio por meio de um QR Code gerado pelo lojista na própria maquininha do estabelecimento comercial. Quem tem conta na Caixa também pode consultar saldo e extrato, fazer pagamentos e transferências de até R$ 600 por transação e até R$ 1 mil por dia.

Canal de Denúncia

Aqueles que quiserem fazer algum tipo de reclamação ou que foram vítima de alguma fraude podem utilizar o Canal de Denúncia da Caixa, administrado pela Contato Seguro, uma empresa externa e independente. Neste canal é possível registrar com sigilo e segurança demanda com indícios de crimes, infrações à legislação vigente, lavagem de dinheiro, assim como outros ilícitos que possam estar relacionados às atividades da Caixa. O Canal de Denúncia da Caixa pode ser acessado pelo site www.contatoseguro.com.br/caixa ou pelo telefone 0800-512-6677. Outra forma de fazer a denúncia é procurar presencialmente uma agência da Caixa em sua cidade.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Aline Cruz

25 de junho, 2020 | 00:40

“Infelizmente aconteceu comigo também. Mas a Caixa econômica Federal foi omissa. Pois no 02/06 Ja tinha percebido. E fui a uma agência. Fui instruída a enviar minha documentação para fazer um recasdrato. Fiz procedimento no mesmo dia. Até hoje não obteve resposta. 16/06 caiu na minha conta 2,29 auxílio emergencial foi oque restou. Novamente fui a uma agência da Caixa onde puxaram um espelho da conta. Ou seja esses bandidos começou a usar o valor no dia 05/06. Pq a Caixa não bloqueou no dia 02. É muita preguiça mesmo. Só prejuízo.”

Maria Luiza

15 de junho, 2020 | 20:10

“O mesmo aconteceu comigo, fui fazer o cadastro no app caixa tem, então dizia que meu CPF já estava cadastrado, quando coloco esqueci a senha, então aparece um e- mail que não é o meu, ou seja, alguém usou meu CPF e fez o cadastro antes de mim e desviou meu auxílio, amanhã vou fazer contestação.”

Rayane

15 de junho, 2020 | 07:10

“Com minha mãe aconteceu também ela é de Timóteo”

Rafa

13 de junho, 2020 | 22:08

“INÊS, também aconteceu comigo, como proceder se meu email para recuperar senha foi trocado?”

Juca

13 de junho, 2020 | 10:49

“Infelizmente os nossos dados estao exposto na maos de bandidos recebemos as vezes telefonemas estranhos e a pessoas desconhecida sabe o telefone. nome . significa que algum lugar vendeu nossos dados pra bandido.a exemplo este golpe de cartao clonado como o bandido tem acesso ao seu telefone nome e o banco que tem conta. alguma instituicao passou pra eles.tambem acontece em hospital bandido liga pra familia pedindo dinheiro como fosse o medico.”

Ines

13 de junho, 2020 | 04:56

“Exatamente como aconteceu comigo. Não conseguiu acessar app caixa tem alguém já estava utilizando com email desconhecido. Abri uma contestacao e ainda estou aguardando.”

Envie seu Comentário