Sobe para oito número de óbitos por Covid-19 em Ipatinga

Moradora do bairro Caravelas, de 78 anos e moradora do Iguaçu, de 81 anos, tiveram resultado positivo para covid-19

A Secretaria de Saúde de Ipatinga confirmou, nesta sexta-feira (5), mais duas mortes de pessoas residentes no município em decorrência de complicações por Coronavírus.

As vítimas são duas mulheres, e ambas possuíam comorbidades. Com estes registros, sobe para oito o número de óbitos por Covid-19 na cidade.

Em ambos os casos, as famílias das vítimas receberam as orientações protocolares quanto a normas para realização do velório e sepultamento.

Moradora do Caravelas

Uma das mulheres, de 78 anos, era moradora do bairro Caravelas. Ela deu entrada no Hospital Municipal no dia 29 de maio, com insuficiência respiratória e quadro de pneumonia.

A morte ocorreu na terça-feira (2). Contudo, somente dois dias depois houve a confirmação da contaminação por Coronavírus. A paciente foi submetida ao teste RT-PCR no dia 30 de maio, sábado último.

Moradora do Iguaçu

O outro óbito refere-se a uma idosa de 81 anos, moradora do bairro Iguaçu, que foi internada em um leito de Enfermaria SUS do Hospital Municipal no dia 29 de maio. O quadro evoluiu para morte também na última terça-feira (2).

No dia 30 de maio, a paciente foi submetida ao teste RT-PCR. O diagnóstico conclusivo para Covid-19, a partir do material coletado, chegou igualmente nessa quinta-feira, dia 4 de junho.


Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Bruno 06 de junho, 2020 | 11:32
Tem que abrir tudo
Silvana Paula 05 de junho, 2020 | 22:11
Só Deus mesmo para nos guarda pessoas morrendo por causa dessa doença temos que nos unir e buscar a Deus orar mais só assim vamos vencer perder alguém é muito triste é coisa que não tem explicação só Deus mesmo
Jose Soares Couto 05 de junho, 2020 | 18:46
Infelizmente vai morrer.muita gente ainda. O povo está tendo a menor preocupação com essa pandemia. Hoje fui a um supermercado aqui no bairro Cidade Nobre, e presenciei uma família inteira no interior do supermercado, ou seja, os pais e três filhos. E não compraram muita coisa que justificasse tanta gente da mesma família ali. Lado outro, nem a administração publica, nem os supermercadistas se atentaram para esse problema.
Palhaço 05 de junho, 2020 | 17:20
Abrem o comércio gente, libera tudo prefeito, deixa este povo se matar. RIDICULA manifestação hoje, a senhorinha nem sabia o que estava fazendo ali começou a pedir mascaras para alunos e professores, sem nem aula existir.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO