Balanço das ações da PM Ambiental é divulgado no dia Mundial do Meio Ambiente

No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado nesta sexta-feira (5), foram divulgados os números das ações ambientais realizadas pela 12ª Companhia de Meio Ambiente, sediada em Ipatinga. A 12ª Cia MAmb é responsável pelo policiamento de 97 município de Minas Gerais e desenvolveu ao longo dos cincos primeiros meses deste ano, quase 4.500 operações na área de abrangência da companhia.

O capitão Átila Porto, comandante da 12ª Cia MAmb, disse que o momento complexo e difícil que a pandemia impôs a toda sociedade, possibilita repensar as ações em relação ao meio ambiente. “Sobretudo, como construir um mundo melhor pós-pandemia”, comentou em nota encaminhada ao Diário do Aço.

A PM de Meio Ambiente divulgou ainda que nesses primeiros cinco meses do ano, apesar do período da pandemia de coronavírus, não mediu esforços para proteger o meio ambiente e proporcionar na zona rural o aumento da sensação de segurança por meio de ações e operações, no sentido de identificar e prender infratores da lei, que perturbam e causam temor ao homem do campo.

No período de 1º janeiro a 31 de maio de 2020, foram desencadeadas 4.359 operações preventivas que resultaram na prisão de 185 pessoas por crimes contra o meio ambiente e outros contra o patrimônio e a pessoa. Os PMs apreenderam 208 armas de fogo, além do registro de 817 crimes e infrações em desfavor do meio ambiente, que resultaram na lavratura de 865 autos de infrações, que correspondeu a quase R$ 7 milhões de multas.

Reflexões no Dia Mundial do Meio Ambiente
Diante do afastamento e isolamento social, consequências desse momento, o capitão Porto afirma que estimula a buscar a união virtual para celebra o Dia Mundial do Meio Ambiente, “especialmente através de reflexões do que nos espera, pois o aceleramento da economia será a tônica no sentido de recuperar as perdas causadas no período pandêmico, e os recursos naturais serão alvos desse processo”.

Para o oficial, a 12ª Cia de Meio Ambiente terá uma exigência ainda maior das ações de prevenção e repressão na proteção do meio ambiente, pós-pandemia. “Uma vez que estamos situados nas regiões da Zona da Mata Mineira, Metropolitana de Belo Horizonte e Vale do Rio Doce, atendendo 97 Municípios, com aproximadamente 1.800.000 habitantes”, lembrou.

A região da 12ª Cia possui características econômicas diversas, como industrial, siderúrgica, minerária, silvicultura, suinocultura, exploração florestal, caça e pesca. “Em virtude da grande biodiversidade ainda presente na nossa região, com certeza sofrerá grande pressão sobre os recursos naturais, especialmente, da flora, fauna, recursos hídricos e a qualidade do ar”, esclareceu capitão Porto.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO