A bola rola ou não?

Aurélio Caixeta

Divulgação


Aurélio Caixeta
A BOLA ROLA OU NÃO?
Está cada vez mais difícil imaginar a bola rolando pelos campeonatos de futebol em Minas Gerais. Apesar de a FMF bater o pé e afirmar que pretende terminar a disputa dentro de campo, essa situação nos parece muito pouco provável, principalmente por causa dos times do interior, que estão sem grana até para as despesas mais emergentes, muitos deles com os elencos já desmontados. A maré não está pra peixe.

Por isso ainda não dá para usar a expressão “jogo é jogado e lambari é pescado”, mesmo porque no momento não é permitido jogar e nem pescar. De acordo com o que prevê o infectologista Carlos Starling, o futebol só deverá voltar a ocorrer no mês de agosto. A gosto de quem?

ATLÉTICO
Por medida de economia, o Galo vai jogar em um estádio cujo custo seja mais em conta, caso seja retomado o Estadual. Já que os jogos vão ser mesmo sem publico, o time poderá mandar os seus jogos na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Com os estádios Independência e Mineirão vivendo tempos de grandes prejuízos por não serem utilizados, vão ter que concorrer com estádios de times menores, tipo “quem aluga mais barato”. É a crise atingindo a todos. Economizar é a prioridade do momento, afirma o presidente Sette Câmara.

Porém, o time não para de se reforçar. Depois do acerto com Leo Sena, o Galo contratou outro jogador para o meio de campo na última quarta-feira, por indicação do técnico Sampaoli. Agora foi o equatoriano Alan Franco, de 21 anos, que virá do Independiente del Vale. E foram contratações caras.

CRUZEIRO
O presidente Sergio Santos Rodrigues declara que está acertando mais com patrocinadores e fala sobre a contratação de três ou quatro reforços. Um deles seria o lateral direito Daniel Guedes, do Santos. A intenção é montar uma forte equipe para realizar o projeto de voltar à Série A no ano de seu centenário, que é o sonho da torcida azul.

AMÉRICA
O líder do campeonato, time bem organizado e bem treinado até o Campeonato Mineiro ter sido paralisado, tem no elenco 25% de atletas da base. O técnico Lisca afirma que, quando for – e se for - definida a volta do campeonato, o time poderá contratar dois ou três reforços, mas garante que o objetivo principal é a valorização da base.

UMA E OUTRAS...
- Português esperto. Jorge Jesus, no acerto para a sua permanência por mais um ano no comando do Flamengo, conseguiu manter a mesma premiação para títulos do contrato anterior. Por exemplo: se o time faturar a Libertadores, que seria o tricampeonato do rubro-negro, ele receberia cerca de nove milhões de reais. Quero ser seu amigo, ‘portuga’.

- Cazares aprontou de novo, e pode ser preso. Mesmo com seu teste positivo para a covid-19, afastado do grupo e entregue ao Departamento Médico do Galo, o equatoriano, que veio ao Brasil não para jogar bola, e sim fazer festas e curtir a vida, promoveu mais uma dessas farras, infringindo determinação do poder público, no caso a prefeitura de Lagoa Santa. A pena para isso pode ser a de detenção de um mês a um ano. E mais, como o técnico Sampaoli é visto como um disciplinador, no mínimo Cazares deve ir para a geladeira (reserva).

- A torcida Raça Jovem, do Tigrão de Aço, em uma grande demonstração de união e caridade, promove uma bem sucedida e organizada Campanha do Agasalho, recolhendo muitos agasalhos que serão distribuídos aos necessitados nesse domingo (7). O slogan da campanha é “Ajude-nos a ajudar quem precisa”. Parabéns a todos os integrantes dessa simpática torcida. Os necessitados agradecem.

- As obras no CT do Tigre prosseguem, visando prover as instalações de duas quadras de tênis e dois campos de futebol soçaite, entre outras boas novidades. A diretoria do Ipatinga, em parceria com os patrocinadores, está transformando o CT num clube de verdade, dotando-o de uma estrutura que, no futuro, possa vir a ser uma fonte de renda. Sobre a volta do futebol, está tudo indefinido até o momento, como em todo o estado.

Contato com a coluna: e-mail - caixeta.aurelio@gamil.com.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO