Ruas do centro de Ipatinga ainda registram movimento

Mesmo com entrada em vigor de novas medidas para conter avanço da pandemia de covid-19 no município, movimentação de pessoas ainda é considerável nas ruas de Ipatinga

No primeiro dia de entrada em vigor de novas normas para reduzir a circulação de pessoas no Centro de Ipatinga, com mais restrições para abertura do comércio, muitas pessoas ainda foram vistas nessa quarta-feira (2) a circular pelo local.

Além das lojas dos segmentos considerados essenciais, conforme decreto federal, vários segmentos funcionaram internamente, o que contribuiu para o movimento de pessoas.

O novo decreto municipal foi publicado ontem e entrou em vigor nessa quarta-feira. Veja as imagens gravadas por volta de 14h do dia 2/6:


Ruas do centro ainda registram movimento

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Valdirene 04 de junho, 2020 | 22:59
O correto seria fechar tudo somente abrir a farmácia o resto a gente se vira não vai ter lugar pra ninguém ir vai ter q ficar dentro de casa os demais q estiver na rua multa simples
Juninho 04 de junho, 2020 | 21:03
Já dei minha sugestão: acho que fechar o comércio não é a solução. Simplesmente poderia proibir a circulação de veículos na Av 28 de abril e ruas adjacentes, formando uma espécie de calçadão, aumentando o espaço entre pessoas, e obrigar o uso de máscara nas ruas do centro.
Viviane 04 de junho, 2020 | 14:40
Triste de ver está situação .será mesmo que todo esse povo tem nescecidade de estar nas ruas ? acredito que não . infelizmente se continuar assim as pessoas vão começar adoecer e não haverá hospital pra todos .essa doença é muito seria !nós Estados Unidos mesmo respeitando a quarentena morreu tanta gente.
Tuleba Ricam 04 de junho, 2020 | 11:56
Sr. Prefeito, tem que fechar tudo mesmo, este nosso povo nao tem consciencia. SE TIVESSEMOS UMA QUARENTENA BEM FEITA JA ESTARIAMOS SAINDO DELA. MAS AS PESSOAS SUBESTIMAM A DOENCA, E NAO RESPEITAM O PROXIMO. AGORA O QUE VEREMOS E UMA QUARENTENA SEM FIM, UMA BRIGA POLITICA RIDICULA, E MORTOS, MUITOS MORTOS... EMPREGADORES FALIDOS E UM PAIS EMPOBRECIDO. FALTA DE CONCIENCIA E FALTA DE UM ADMINISTRADOR PARA O NOSSO BRASIL, AGORA E TARDE E A CONTA ESTA CHEGANDO TODOS OS DIAS.
Papo Reto 04 de junho, 2020 | 11:04
Ta tudo "fechado" de fachada.... Outros nem se intimidaram, vários comércios abertos, ninguém ta nem aí. Estão falando que essas multas são tudo de fachada, estamos sob risco e ele vai se concretizar. E o prefeito não vai aguentar a pressão dos comerciantes e vai abrir véspera dia dos namorados e fazer a mega aglomeração... PREPAREM AS COVAS O LUCIFER ESTA A SOLTA
Chapolin Descolorado 04 de junho, 2020 | 10:04
Não tem jeito, o comércio tá funcionando normal. Acho que o judiciário deveria intervir pq o executivo não tem força pra isso. Não tem fiscalização, os servidores da prefeitura estão em teletrabalho. Ipatinga está condenada ao aumento de casos de covid-19. Mexer com a patuleia é foda!
Jose de Arimatea 04 de junho, 2020 | 08:43
Engraçado falar que o povo não respeita o decreto, mas o Faixa Azul da prefeitura está lá faturando neh?
Quanta hipocrisia nesse Brasil.

Jose de Arimatea.
Zito 04 de junho, 2020 | 07:54
Prefeito, ouve, e não se intimida, não preocupe com próximas eleições, pois o Senhor não precisa da prefeitura e sim a prefeitura precisa do Senhor, já que o povo não respeita fecha tudo mesmo no dia 11, e multa quem abrir...mas fechar tudo mesmo... só farmácia aberta...o resto o povo aguenta....pense nisto.
Daiane 04 de junho, 2020 | 07:45
Enquanto algumas pessoas não tiveram noção do que esse vírus pode causar continuaram assim, o prefeito tem que ser mais rígido, os essenciais que podem ficar aberto tem que ter um controle de pessoas que entram nos locais, aí começará as filas, aí quero ver o povo fica saindo a toa de casa, não entendem que quanto mais não cuidarem mais demorará pra baixar os números
Jéssica Caroline 04 de junho, 2020 | 05:57
Andando tranquilamente de máscara, achando que é essencial. Todos os dias vemos um número absurdo de mortes e as pessoas numa boa. O Equador é o segundo país em número de infecções e mortes na América Latina, depois do Brasil. E por que disso? Não cumpriram a quarentena. As pessoas vão esperar que morram entes queridos para tomar mais cuidado? O problema é que além de pegar o vírus ainda passa para quem está cumprindo corretamente. Onde está o amor pelo próximo?
Juliana 03 de junho, 2020 | 21:18
Prefeito me ouvi ,não ABRE dia 10,as pessoas não estão obedecendo, tomara que as pessoas pega doença nas ruas
Diego 03 de junho, 2020 | 19:37
Já passou da hora d fecha tudo senhor PREFEITO os bairros estão tudo aberto normalmente oque adianta os essenciais fica mais cheio assim como difícil . Se fecha tudo ninguém vai sair pq? Vai saber que está fechado e vai fica dentro de casa melhor ser assim do esse alguns abertos ajuda aí PREFEITO
Oliveira 03 de junho, 2020 | 18:16
VAI LÁ COVID-19. ESPANTA ESTA GALERA PARA NÓS. ELES NÃO TEM MEDO DA DOENÇA, POIS NÃO RESPEITAM O DECRETO. Os acolha em seus braços bem abertos.
Adriano 03 de junho, 2020 | 17:35
Povo burro e sem consciência.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO