Ipatinga inicia novos procedimentos para conter avanço do coronavírus

Funcionários terão a temperatura medida ao entrar na prefeitura e as barreiras sanitárias serão implantadas na quinta-feira

Divulgação


O trabalho de medir a temperatura de quem entra na prefeitura seguirá pelos próximos 15 dias

Como medida de prevenção contra a proliferação do novo coronavírus (covid-19) e diante dos números dos últimos boletins epidemiológicos, com registros diários de mais de 20 casos no município, a Secretaria de Saúde de Ipatinga deu início nesta semana à medição de temperatura dos funcionários que trabalham na prefeitura, além de outras pessoas com necessidade de acesso ao local. A princípio, o trabalho se estenderá pelos próximos 15 dias, quando haverá uma avaliação. Caso o resultado apresentado seja satisfatório, o processo será levado a outros espaços públicos, detalhou a Secretaria.

Foram disponibilizados três funcionários para executar a tarefa, um na parte da manhã e dois à tarde. A abordagem ocorre no salão de entrada do edifício, durante o horário convencional de expediente, de 7h as 17h. A pessoa que apresentar mais de 37,8 graus será aconselhada a procurar ajuda médica. Segundo a pasta de Saúde, no primeiro dia de aferição, ninguém apresentou sintomas de febre.

Barreiras sanitárias

A partir desta quinta-feira (4), também como medida de combate à covid-19, serão adotadas barreiras sanitárias em quatro pontos de entrada e saída da cidade. Os locais escolhidos são o bairro Caravelas e as divisas entre os bairros Bethânia e Industrial, Veneza e Cidade Nova e Amaro Lanari e Bom Retiro. Equipes da saúde vão se posicionar para parar e medir a temperatura de pessoas.

“Os números em Ipatinga têm crescido a cada dia, e com isso temos que tomar atitudes rápidas para tentar freá-los. Nas circunstâncias atuais, as barreiras sanitárias também são um passo importante na batalha contra a covid-19”, adiantou.

A referência técnica em Enfermagem do Departamento de Atenção Básica (DAB), Fabiana Figueiredo, detalhou o processo de medição da temperatura e explicou que a continuidade dependerá do gráfico epidemiológico.

“Inicialmente, o processo está previsto para as duas próximas semanas. Em seguida, será feita uma verificação para avaliarmos a continuidade em cima do quadro momentâneo da pandemia em nosso município”, concluiu.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Adriano 03 de junho, 2020 | 16:46
Na verdade os políticos estão em vésperas de eleição e estão mais perdidos que todos com relação ao covid 19, e se liberarem o comércio e der errado perdem a eleição. Então melhor fechar pois se der errado não tem culpado.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO