Centro de Saúde João Otávio funciona como unidade de referência à covid-19

Antes de procurar o Centro, o usuário deve buscar a unidade de saúde de referência que fará o encaminhamento, caso seja necessário, para a unidade do bairro Olaria

Divulgação


Na unidade, os pacientes serão avaliados pela equipe multiprofissional e realização de teste rápido ou coleta de SWAB nasofaringe

Começou a funcionar nesta segunda-feira (1º) o Centro de Referência à Covid-19 no Centro de Saúde João Otávio, no bairro Olaria, em Timóteo. O horário de atendimento é das 7h às 17h, de segunda à sexta-feira e vai funcionar enquanto a pandemia durar. Posteriormente ele será transformado em um Centro de Especialidades Médicas e Reabilitação, informou o Executivo municipal.

Antes de procurar o Centro, o usuário deve buscar a unidade de saúde de referência que fará o encaminhamento, caso seja necessário, para a unidade do bairro Olaria.

O governo detalha que o prédio passou por uma reforma no valor de R$ 128.075,57. Com isso, a unidade que contará agora com até nove leitos clínicos se tornou o local de referência para o atendimento ambulatorial de pacientes que apresentarem sintomas respiratórios como tosse seca, coriza, febre, dor de garganta e dificuldade em respirar.

Atendimento

Na unidade, os pacientes serão avaliados pela equipe multiprofissional, passando pela triagem dos sinais de alarme, avaliação médica e realização de teste rápido ou coleta de SWAB nasofaringe (um tipo de teste para covid-19) conforme critério clínico e epidemiológico. São duas equipes compostas cada uma por médico, enfermeiro e técnico de enfermagem e profissionais de apoio.

Todos os pacientes suspeitos ou testados positivos serão incluídos no serviço de telemonitoramento, em que há um profissional capacitado para realizar o acompanhamento de sua evolução clínica e dos demais residentes no domicílio.

Na visita domiciliar é realizada a avaliação médica do paciente, orientações quanto aos cuidados necessários durante o isolamento e, quando for o caso, encaminhamentos para UPA ou Unidade Hospitalar.
Em caso de dúvidas e ou outras informações o telefone de contato é o 3847-8555.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Pedro 02 de junho, 2020 | 14:10
Prefeito, uma dúvida! Porque você e seu comitê de crise junto com o Presidente da ACIAPI e CDL não são mais objetivos e específicos, e outra, porque vocês levam donos de comércios para a reunião? Agora só me faltava essa, vocês vão olhar CNAE das empresas para saber se tem ou não o aval de ser essencial ou não... VOCÊ SABIA QUE ISSO É CRIME CONTRA o comerciante? Tô bobo porque você deixa esses donos de depósito de material de construção entra na reunião e eles acabam querendo destruir comércios que são SIM MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO, porém o CNAE não tem isso especificando... Então meu caro prefeito, faça um decreto mais eficiente porque MATERIAL ELÉTRICO, HIDRÁULICA, FERRAMENTAS, UTILIDADES EM GERAL É SIM MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL. Ou você acha que a tomada ela é ligada no cimento? Que a energia vem do tijolo, que o plug e os cabos são de azulejo? Que a água que passa na sua casa é argamassa e brita? Fica ativo e ajuda aí porque esses dono de depósito são bem malandros e estão prejudicando quem vende material de construção porém no CNAE não consta. Se for assim, vai lá fechar e multar a Loja Elétrica e a Eletrosin, porque eles estão abertos igual os depósitos normal. Ou você põem no decreto MATERIAL DE CONSTRUÇÃO (Elétrico, Hidráulico, ferramentas e ferragens, e ultilidades em geral) . E aos bonitões donos de depósito, saiba que a gente sempre indica vocês e agora iremos somente aconselhar a não ir mais em seus estabelecimento por ganância, arrogância e por desrespeito.
Roberto 02 de junho, 2020 | 12:14
Isto parece uma piada, a pessoa está com sintomas de covid ou gripe normal, aí manda procurar atendimento primeiro na unidade de saúde próxima, onde vai fazer o mesmo trabalho que eles, o que não adianta nada, que vantagem tem nisto? o horário de atendimento é o mesmo da ubs , de segunda a sexta, então se precisar ir a noite ou fim de semana não vai adiantar, e outra , lá tem respiradores , tem montado UTI ? Então não adianta ter um ponto de referência, se não tem equipamentos, pq a pessoa já em estado mais grave , vai ter que ir para um hospital, para uma UTI, o que precisa agora é que as equipes dos postos de saúde dos bairros e que tenham testes rápidos de covid , e profissionais sair às ruas e monitorar o grupo de risco, orientado e observando se eles e seus familiares estão cumprindo as determinações, faça grupos dos mesmos de agente de saúde que combatia a dengue .
Mariana 01 de junho, 2020 | 16:50
Parabéns ao Prefeito de Timóteo! Está fazendo uma ótima gestão, as melhorias na área da saúde são notórias e merecem aplausos. Nunca, na história da cidade, tivemos uma UPA tão bem estruturada, equipada e organizada. E agora, com a implementação do Centro de Referência à Covid-19, a tendência é só melhorar.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO