Uma espera sem fim

Aurélio Caixeta

Nada melhor do que a volta do futebol para acabar com um pouco do estresse dessa quarentena, que parece que vai virar centena. E essa espera também está mesmo estressante. Volta ou não volta? Data prevista para isso não existe. Porém, há uma tendência para que aconteça em meados de junho, com os treinamentos, e em julho, com os jogos ainda sem torcida.

Vamos supor que, na melhor das hipóteses, isso ocorra mesmo. Como vão ficar os times do interior? Como a corda sempre arrebenta do lado mais fraco, eu acho que são eles que vão pagar o pato primeiro.

Cruzeiro, Atlético e América, mesmo com problemas de salários atrasados, redução de salários e demissão de funcionários, estão se preparando. Os times do interior têm muito mais problemas, alguns deles já desmontaram os elencos e outros tantos assumem que estão quebrados.

Mas quebradeira é o que não vai faltar, nem mesmo para os grandes, se por acaso o futebol não voltar a acontecer em dois meses. Não dá para esperar mais, senão os clubes não terão como honrar os seus compromissos. E aí eu acredito que será o caos total.

Mas vamos torcer para que os ventos do bem soprem sobre as nossas bandas, que o mal desapareça e o sol possa brilhar novamente para todos, grandes e pequenos, aqui em Minas Gerais e em todo Brasil.

CRUZEIRO
Depois de tanta coisa ruim, finalmente vieram duas boas not√≠cias para a torcida cruzeirense. A primeira, que o time n√£o vai mais perder pontos por falta de pagamento de d√≠vidas. Quem garante isso √© o patrocinador m√°ster do clube, o empres√°rio Pedro Louren√ßo (Supermercados BH). Ele disse que vai ajudar a quitar a divida de 10,8 milh√Ķes de reais que est√° pendente na Fifa, de um pagamento devido ao Zorya, da Ucr√Ęnia, e que vence nesta sexta-feira (29).

A segunda foi que o STJD reduziu a pena imposta ao clube, de duas para uma partida com port√Ķes fechados, devido √†s desordens ocorridas no jogo contra o CSA, pelo Brasileir√£o do ano passado. E melhor: a pena dever√° ser cumprida em um jogo do Brasileir√£o ap√≥s o fim da pandemia, ou seja, quando os jogos puderem receber p√ļblico. E isso muito provavelmente s√≥ vai ser daqui um ano, depois que todos forem vacinados contra a coronav√≠rus, e com a possibilidade do clube estar na S√©rie A.

ATL√ČTICO
Três atletas alvinegros vindos da base começaram a treinar para completar o time profissional, e serão observados de perto pelo técnico Sampaoli. São eles: os volantes Guilherme Castilho e Neto, e o atacante Felipe. Boa sorte para os garotos.

AM√ČRICA
O atacante Marcelo Toscano, que estava emprestado ao Mirassol, de São Paulo, está retornando motivado para o América, e chega enchendo a bola do técnico Lisca.

UMAS E OUTRAS...
- Assim fica difícil, né? Os times da capital treinando e os do interior vendo a banda passar. E o pior é que a banda não passa.

- Saudades eternas do grande amigo o craque de bola Juvan√™s, que nos deixou muito cedo, aos 50 anos. No meu tempo de rep√≥rter de campo, ele sempre foi meu preferido para fazer entrevistas, porque al√©m de bom de papo, me passava detalhes t√©cnicos dos jogos. Que Deus o tenha em bom lugar e conforte seus familiares e os in√ļmeros amigos que ele conquistou.

- Marcel√£o Alves est√° comemorando o crescente n√ļmero de acessos durante o seu programa Debaixo do Gol, que vai ao ar por meio de live no Instagram, todas as ter√ßas-feiras, √†s 19h. Literalmente, o programa est√° bombando. Participe e interaja voc√™ tamb√©m.

- Participa√ß√£o brilhante a de Christian Marques, no programa Resenha Esportiva do √ļltimo s√°bado, na R√°dio Cora√ß√£o de Jesus 98.7 FM. O programa vai ao ar aos s√°bados, de 11 horas ao meio-dia.

Contatos com a coluna: e-mail Рcaixeta.aurélio@gmail.com.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Coment√°rios

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENT√ĀRIO