Mulher é encontrada morta no bairro Veneza I, em Ipatinga

A suspeita é que a vítima, de 42 anos, caiu na escada ao se dirigir para o apartamento onde morava

Reprodução


A professora Rossana tinha 42 anos

A professora Rossana Ferreira de Souza, de 42 anos, foi encontrada morta na escada do prédio onde ela mora, na rua Laguna, no bairro Veneza I, em Ipatinga. A vítima foi localizada pelo pai dela, um idoso de 79 anos, por volta das 4h50 da madrugada desta segunda-feira (25), ao notar a falta da filha no quarto da residência.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada pelo pai para resgatar Rossana, mas os socorristas só puderam constatar o óbito da filha dele. A Polícia Militar foi acionada para registrar a ocorrência e o local foi periciado pela Polícia Civil com a remoção do corpo para o Instituto Médico-Legal (IML) de Ipatinga.

O sargento Marcos José disse ao Diário do Aço que a suspeita é que Rossana tenha se desequilibrado ao acessar a escada. Possivelmente a queda foi causada por um tropeço, nos próprios chinelos. A mulher estava em um churrasco e foi embora por volta de meia-noite, conforme relataram testemunhas ouvidas pelos policiais militares.

Os legistas do IML realizaram o exame de necropsia no corpo de Rossana na manhã desta segunda-feira. O laudo apontou que a causa da morte da professora foi traumatismo craniano, possivelmente pela queda, mas as circunstâncias do acidente ainda serão investigadas. Muitos amigos e conhecidos da vítima lamentavam o falecimento de Rossana. O sepultamento foi realizado às 17h desta segunda-feira no cemitério parque Senhora da Paz.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO