Hoje é o Dia da Infantaria

Ao longo da história, os infantes sempre tiveram papel de destaque

A Infantaria é a principal e mais antiga arma do Exército. Composta por soldados a pé, os infantes, que podem combater em todos os tipos de terreno e sob quaisquer condições meteorológicas, a Infantaria pode utilizar vários meios de transporte para chegar à frente de combate.

GB Imagem


A Infantaria é a mais antiga arma do Exército
Sua principal missão é conquistar e manter o terreno, progredindo em pequenas frações, sendo de difícil detecção e grande mobilidade. Isso permite a aproximação ao inimigo para travar o combate corpo-a-corpo.

A Infantaria moderna organizada divide as tropas em divisões, brigadas, regimentos, batalhões, companhias e pelotões. Desde a Antiguidade, esta sempre foi a principal força combativa de um exército.

A infantaria tradicional teve origem nos combatentes gregos e romanos, que lutavam em grupos compactos, armados de espadas e lanças e protegidos por couraças e elmos metálicos.

Apesar de na Segunda Guerra Mundial os carros de combate da cavalaria terem um papel importante nas grandes ofensivas, a Infantaria ainda era a mais numerosa das armas, responsável por ocupar e manter o terreno tomado ao inimigo. Transportada em veículos, ela é conhecida como Infantaria motorizada ou mecanizada.

Uma forma especializada da Infantaria é o fuzileiro naval, cujo transporte é feito pela Marinha em navios de guerra especialmente preparados para o desembarque, além de contar com carros anfíbios que podem sair do mar direto para a terra em condições de combate.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO