Ex-Cruzeiro, Eli Carlos morre aos 66 anos

Eli Carlos estava em coma induzido desde 2018, quando sofreu uma parada cardíaca ao ser submetido a uma endoscopia

Reprodução


Meia participou do título da Libertadores em 1977
Morreu nesta sexta-feira (22), em Campinas, o ex-jogador do Cruzeiro Eli Carlos. Ele fez 98 jogos pela Raposa, tendo se destacado no título estadual do ano de 1977, quando foi artilheiro com 17 gols. O meia também participou do grupo que venceu pela primeira vez a Copa Libertadores da América no mesmo ano.

Eli Carlos estava em coma induzido desde 2018, quando sofreu uma parada cardíaca ao ser submetido a uma endoscopia. Ele estava sendo mantido vivo ligado a aparelhos. O ex-jogador deixa esposa e duas filhas.

Eli Carlos era o irmão mais velho de Silas, ex-meia do São Paulo e que chegou à seleção brasileira nos anos 80 e 90. Ele jogou pelo Campinas, Flamengo, Cruzeiro, Coritiba, Rio Claro, Comercial, Paulista, Francana e Ituano. Aposentou em 1987 no Palmeiras de São João da Boa Vista. Após isso atuou como treinador e também foi comentarista da Rede Bandeirantes de rádio e TV.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO