Presidente da Câmara de Ubaporanga afirma que foi emboscado pelo prefeito e irmãos

Prefeito nega acusações: "O que ocorreu é que ele freou o carro bruscamente e eu encostei na traseira"

Divulgação


Veículo foi levado à Delegacia da PC para uma perícia; presidente do Legislativo pediu proteção policial

O presidente da Câmara de Vereadores de Ubaporanga, Jorge Siqueira de Rezende, diz ter sido vítima de atentado na noite de quarta-feira (20).

Conforme o conhecido Jorginho, o prefeito Gilmar de Assis Rodrigues e dois irmãos são acusados de emboscarem o carro do vereador, baterem na traseira do veículo e, também, efetuarem disparos de arma de fogo contra o carro.

O presidente da Câmara afirma que o prefeito Gilmar de Assis conduzia o veículo e que dois irmãos dele também o perseguiram, em uma Ford Ranger, até a BR-116. Do carro em que estava o prefeito, de acordo com Jorginho, partiram vários tiros enquanto trafegavam pela BR-116.

Na noite de quarta-feira o chefe do Legislativo foi à Delegacia de Polícia Civil fazer uma queixa e o carro passou por uma perícia. O veículo apresenta amassados na traseira, provocados por uma colisão. Cartuchos deflagrados de munição calibre 9mm foram recolhidos.
Reprodução de vídeo do Super Canal


Jorginho afirma que passou a sofre perseguição após denunciar irregularidades cometidas pelo Executivo

Em entrevista à imprensa de Caratinga, Gilmar de Assis negou as acusações. O prefeito confirma que tentou conversar com Jorginho na terça-feira, para tratar de assuntos pessoais que o desagradam. "O que ocorreu é que ele freou o carro bruscamente e eu encostei na traseira ", resumiu o prefeito.

"Hoje eu nasci de novo"

Jorge Siqueira de Rezende afirma que sofre represálias após denunciar irregularidades cometidas pelo poder Executivo. Ele diz que teme pela sua vida e de sua família. "O clima pesou bastante depois de meu pronunciamento na Câmara Municipal. Não citei o prefeito, não queria esse tipo de situação, mas a situação não ficou boa. Pedi proteção policial e vamos seguir em frente", afirmou o presidente do Legislativo, que na entrevista demonstrava nervosismo. "Hoje eu nasci de novo", afirmou o político.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Mimimi 22 de maio, 2020 | 13:32
Agora qualquer coisa que acontecer com o vereador e seus familiares cairão nas costas do prefeito, Sr. Prefeito, agora é torcer para não acontecer nada com o vereador, senão, o sr. vira criminoso e vai para atrás das grades!
Geraldo Magela 22 de maio, 2020 | 08:59
Força vereador.
Cadeia para os políticos safados que se acham deuses.
Por mais pessoas de coragem assim como você.
Bolsonaro 21 de maio, 2020 | 20:08
NO BRASIL O CERTO É QUEM ANDA ERRADO

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO