Tradicional ponto de parada de viajantes é fechado na BR-381, para reformas

Proprietário decidiu aproveitar o momento da pandemia para fazer uma reforma; funcionários serão recontratados quando crise passar

Reprodução


A tradicional lanchonete Belleu's, que estava fechada desde março, foi cercada com tapume essa semana

Motoristas que trafegam pela rodovia BR-381, no município de São Gonçalo do Rio Abaixo, repararam essa semana um tapume em volta da lanchonete Belleu’s, que é considerada um tradicional ponto de parada dos viajantes do Vale do Aço com destino a Belo Horizonte.

Fotos da lanchonete com o tapume também circularam pelas mídias sociais ao longo desta semana. Em tom alarmista a boataria era de um fechamento definitivo e o caso foi atribuído à redução do fluxo dos clientes com a pandemia de covid-19. Mas não é bem assim. A empresa vai aproveitar o momento de paralisação por medidas sanitárias e fazer reformas.

Conforme apurado pelo Diário do Aço junto a fontes em São Gonçalo do Rio Abaixo (município que fica a 130 quilômetros de distância de Ipatinga), há cerca de dois meses a lanchonete Belleu’s está fechada para os clientes e o tapume começou a ser instalado ao redor do estabelecimento no início desta semana. Trata-se de uma medida preventiva para evitar estacionamento irregular de veículos no local ou a invasão por vândalos.

Por meio de uma nota publicada em seu site institucional, a direção do estabelecimento se posicionou sobre a situação. “Em virtude da pandemia do coronavírus, informamos que estaremos fechados por tempo indeterminado. Assim que retornarmos às atividades informaremos novamente”. A gerência da lanchonete Belleu’s não respondeu à reportagem às perguntas sobre supostas 59 demissões de funcionários.

História

A história do tradicional ponto de parada começou em 1979, quando o Belleu’s comercializava apenas pão de queijo, biscoito de polvilho, suco de laranja e caldo de cana, feitos na padaria da própria família do proprietário.

Após um ano, os produtos passaram a ser produzidos no próprio local, à margem da rodovia, e houve inclusão de novas iguarias. Ao longo dos anos a marca consolidou-se e a lanchonete ganhou fama pela qualidade dos produtos oferecidos.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Luciano 23 de maio, 2020 | 17:26
Começou vendendo para viajantes e motoristas e agora nao faz questão pq ja nao precisa desse tipo de cliente tudo la e cotado com o valor do dolar se fechar nao faz falta alguma.
So lamento pelos os funcionarios e maos nada nao vai fazer diferença alguma.
Jesue Givigi 22 de maio, 2020 | 21:39
Belleus e uma excelente parada, sem comentários, e pra pessoas que gostam de qualidade,. E qualidade tem de sobra,
Paro lá desde 1980

Abraços
Eu 22 de maio, 2020 | 15:20
NO BELLEU'S, OS PREÇOS SÃO EXORBITANTES....

T?m muitos lugares legais e mais baratos.


Perderam o noção!

Eu viajo nessa estrada desde de 1985....

Jeniffer Lopes 22 de maio, 2020 | 14:14
Quem falou graal??Eu li belleu's
Mauro Gontijo 22 de maio, 2020 | 04:24
O preço lá exercido vai acabar fechando as portas..esse graal e brincadeira,atendimento horrível e preço exorbitantes e abusivos..tem mais e que reduzir o nu sei de cliente mesmo e por mim tem e que fechar as portas.
Elias 21 de maio, 2020 | 19:12
Passei hj,dia 21/05 no GRAAL em J.Monlevade, cvs com a atendente e ela me confidenciou que houve uma redução de 70% no quadro de funcionários.
O espaço de atendimento está reduzido pela metade e restaurante só está servindo o famoso PF.
NO momento que estive lá eu vi apenas 7 funcionários, entre caixas, atendentes e restaurante.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO