Mano Menezes aciona Cruzeiro na Justiça

Vinnicius Silva


A sucessão de problemas extracampo no Cruzeiro parece não ter fim. Agora, o ex-técnico Mano Menezes cobra na Justiça do Trabalho R$ 5,3 milhões referentes a multas, FGTS, rescisão e direito de imagem. Mano chegou ao clube em 2016 e foi demitido em 2019, durante a campanha ruim no Campeonato Brasileiro. Na rescisão, ficou acordado que o clube pagaria cerca de R$ 1,9 milhão ao profissional, o que não se concretizou. Por isso, Mano procurou a Justiça. A informação foi divulgada pelo globoesporte.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO