Operação Tânatos cumpre mandados de prisão em Coronel Fabriciano

Mulher que desembarcava no terminal rodoviário foi presa transportando radiocomunicadores, armas e munição

Divulgação Gaeco


Produtos foram apreendidos com mulher que desembarcava na rodoviária de Coronel Fabriciano

Na manhã desta terça feira (19) o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Regional de Ipatinga, com equipes do 58º Batalhão da PM, e a Polícia Civil de Coronel Fabriciano, deu sequência à operação “Tânatos”, e cumpriu quatro mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão.

A ação de hoje é resultado de investigações iniciadas em outubro de 2019 com o objetivo de desmantelar um esquema criminoso organizado envolvido em crimes contra a vida (homicídios e tentativas de homicídio), contra o patrimônio e ainda com o tráfico de entorpecentes em Coronel Fabriciano e região.

O Diário do Aço apurou que, durante a operação foram apreendidos dez radiocomunicadores, uma balança eletrônica, porções de maconha, R$364 em dinheiro, um telefone celular, 57 cartuchos calibre .40, 114 cartuchos de munição calibre .380, dois carregadores de pistola calibre .380, um carregador de pistola calibre .40, uma pistola Imbel calibre .40, e uma pistola Taurus calibre .380.

Os materiais apreendidos estavam na posse de uma mulher que tinha como origem o Estado do Rio de Janeiro e destino a cidade de Coronel Fabriciano.

Revolver já havia sido apreendido com homem alvo de investigação

Essa mulher, segundo apontam as investigações, foi identificada com sendo amásia de um dos principais investigados na operação Tânatos e foi presa em flagrante quando chegava no terminal rodoviário de Coronel Fabriciano.

No decorrer das investigações já tinha sido apreendido um revólver Taurus calibre .38, seis cartuchos calibre .38 com um outro investigado, que também foi preso.

Na investigação foram obtidas informações que possibilitaram uma ação conjunta com a participação do Gaeco do Estado do Rio de Janeiro, Gaeco de Ipatinga, serviço de inteligência do 58º e 62º batalhões da PM, que resultou na prisão, no Rio de Janeiro, de um dos principais membros da organização criminosa, que estava foragido no Complexo da Maré (RJ).

Mais informações serão divulgadas posteriormente.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Anônimo 22 de maio, 2020 | 04:51
Todos tem que fazer denúncias. Mesmo que sejam anônimas. Pq o que tem de jovens na criminalidade e por falta de pulso. Qdo vc vê as coisas e se calam vc acaba contribuindo com isso tudo, não se cale denúncia o seu vizinho infrator que rouba pois todos sabem quem são do bem ou quem não é.
Triplo X 20 de maio, 2020 | 00:22
a tropa do carro vei suspirou agora de alivio. pq vivem de judaria e pilantragem e tem medo da cobança
Obrigado Deus 19 de maio, 2020 | 11:31
joguem esses lixo na cadeia msm lixos q estão acabando com nossa santa cruz e região lixossss matadores de inocente justiça por favor policia cadeia e pouco pra esses pilantra obrigado por não esquecer da nossa comunidade pm de fabri (santa cruz pede paz)

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO