Unimed Vale do Aço completa 40 anos

O médico cooperado e diretor-presidente da Singular, José Maurício Nolasco Nascimento, destacou a trajetória da cooperativa na região

Divulgação


Hospital Metropolitano Unimed, inaugurado em 2015 no bairro Mangueiras, em Coronel Fabriciano

Em meio a uma pandemia mundial, causada pela covid-19, a Unimed Vale do Aço completa quatro décadas de história nesta terça-feira (19). Em virtude da pandemia, a programação de aniversário foi adiada. Além do tradicional baile, as etapas do Circuito Unimed de Corrida de Rua e a participação nas feiras de negócios, incluindo a ExpoCoop (1º feira do Cooperativismo do Leste mineiro), também foram adiadas.

O médico cooperado e diretor-presidente da Singular, José Maurício Nolasco Nascimento, destacou a trajetória da cooperativa na região. “A Unimed Vale do Aço completa 40 anos em 2020 e hoje entendemos a importância de se ter uma empresa sólida e madura na saúde suplementar, fazendo nosso papel social, impactando na vida de milhares de pessoas. Conseguimos trazer uma estrutura de mudança em termos sociais e físicos para a região, com a geração de centenas de empregos, projetos sociais, a construção do HMU, que é um hospital de alta complexidade, os NEDs espalhados por todo o Vale do Aço e que fornecem um suporte de consultas, exames laboratoriais e diagnóstico aos beneficiários, formando uma rede que é coroada pelo SOS Unimed e o MedFone, por meio da telemedicina”, afirmou.

Ainda de acordo com o diretor-presidente, as acreditações conquistadas pela cooperativa ao longo dos anos são um reflexo da qualidade oferecida. “Pela operadora, por meio do Selo Ouro da RN277, a instituição é reconhecida pelo nível I, classificação máxima de excelência na agilidade e competência de processos assistenciais como operadora de plano de saúde. Já Hospital Metropolitano Unimed, com quase cinco anos de operação, é acreditado Nível 2 (Pleno) pela ONA. Podemos dizer que é com orgulho que celebraremos os 40 anos de história da Unimed Vale do Aço e a força da marca em todo o Brasil, e seguiremos com a máxima do desenvolvimento e excelência”, acrescentou.

Estrutura

Ao longo de seus 40 anos no Vale do Aço, a Unimed foi planejada para atender seus beneficiários em qualquer ponto da região. Sua estrutura é composta por Núcleos de Especialidades e Diagnósticos (NEDs) em Ipatinga, no antigo Hospital Unimed na rua Novo Hamburgo, no Veneza I; no Centro de Coronel Fabriciano, na rua Ipanema; em Timóteo, na rua Miguel Maia, bairro Garapa e o HMU, no coração do Vale do Aço, localizado no bairro Santa Terezinha, Coronel Fabriciano.

Covid-19

Por causa da pandemia, além do cancelamento de visitas para pacientes internados e restrições de acompanhantes no Pronto Atendimento, a Unimed alterou os fluxos de cirurgias eletivas e atendimentos ambulatoriais nos NEDs e APS. No HMU, para evitar o contato de pacientes com sintomas respiratórios e pacientes com outras demandas hospitalares, foi realizado um remanejamento das formas de acesso à unidade. No Pronto Atendimento foram feitas alterações, com a criação de um acesso exclusivo para pacientes com sintomas respiratórios.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO