Adolescente desaparece no rio Piracicaba

Vítima estava acompanhada de uma prima quando foi levada pela correnteza, em Coronel Fabriciano

Divulgação Corpo de Bombeiros


Os bombeiros fazem uma avaliação no local do desaparecimento da jovem

A estudante Juliana Rodrigues Silva Santos, de 14 anos, está desaparecida no rio Piracicaba, em Coronel Fabriciano. O possível afogamento foi registrado no fim da tarde dessa quinta-feira (14), no trecho do Piracicaba, próximo ao local conhecido como Prainha, em Coronel Fabriciano.

Uma estudante de 12 anos, prima de Juliana, contou aos bombeiros militares que as duas foram ao local com a intenção de buscar ervas para a tia, a mãe da vítima. Na margem do rio, a jovem de 14 anos entrou para se banhar e em um dado momento foi levada pela correnteza e não foi mais avistada.

Assustada, a estudante e outros jovens foram correndo até à residência dos familiares revelando o acontecido. A mãe de Juliana acionou o Corpo de Bombeiros no telefone 193 para solicitar as buscas.

As equipes dos bombeiros foram ao local, na margem do rio, onde a jovem desapareceu. Eles iniciaram os trabalhos preliminares na tentativa de localizar a desaparecida, mas sem sucesso. Os militares vão retornar a procura da vítima nesta sexta-feira, pela manhã.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Meirielly 15 de maio, 2020 | 16:54
Gente por favor quem tiver notícias e puder ir me informando por favor Vey não tô acreditando que isso aconteceu com a Juliana Vey ela era uma pessoa boa de bom coração ??
Pablo 14 de maio, 2020 | 20:55
Gente por favor quem puder me mantenha informado a Juliana não fEzequiel isso vey nossa meu ela era uma jovem gente boa

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO