Recapeamento da avenida José Júlio da Costa deve ser concluída na próxima semana

Os recursos para execução do recapeamento asfáltico e construção de cerca de 170 muros de arrimo, entre outras frentes de obras em execução na cidade, no valor total de R$ 73 milhões, são provenientes do Finisa

Divulgação


Previsão da empresa vencedora da licitação é concluir o serviço até a próxima segunda-feira

As obras de recapeamento da avenida José Júlio da Costa, ligação entre os bairros Ideal e o Ferroviários, chegaram a 50% de execução nesta quinta-feira (14), informou o Executivo municipal. A previsão da empresa vencedora da licitação é concluir o serviço até a próxima segunda-feira (18).

“Estamos falando de um asfalto com mais de 40 anos de vida. Na atual situação, a prefeitura executa a manutenção através da operação tapa-buraco e logo depois o problema surge novamente. Agora estamos realizando uma obra que vai resolver a situação por um longo período. Neste ponto, acesso ao Centro de Tratamento Oncológico e à casa de apoio ao familiares e pacientes em tratamento ao câncer, o trânsito é muito intenso e o surgimento de crateras vinha sendo um problema recorrente, principalmente durante o período de chuvas”, comentou o prefeito Nardyello Rocha.

O trecho é um dos muitos no município que passarão por recapeamento. O programa prevê a recuperação de cerca de 60 quilômetros de asfalto, abrangendo todas as regiões e especialmente os principais corredores de trânsito.

Investimento

Os recursos para execução do recapeamento asfáltico e construção de cerca de 170 muros de arrimo, entre outras frentes de obras em execução na cidade, no valor total de R$ 73 milhões, são provenientes do Finisa - Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento, captados pela atual gestão do município junto à Caixa Econômica Federal.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Adriano 16 de maio, 2020 | 07:36
Excelente trabalho da prefeitura
Vander 15 de maio, 2020 | 00:58
Há uma inverdade na informação sobre a Av. Jose Júlio da Costa.
Mudei para o Ideal em 82. A avenida era uma rua de cascalho (Já caí da bicicleta no local, qdo ia para o trabalho) e só ganhou pavimentação asfáltica uns 2 anos após chegada dos moradores ao bairro.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO