12 de maio, de 2020 | 13:25

'Tem algo diferente aqui no Vale do Aço'

Prefeito de Coronel Fabriciano destaca baixa transmissão de covid-19 no município

Reprodução de vídeo
Marcos Vinícius, em entrevista ao Microfone Aberto, destacou que, passadas três semanas da flexibilização, casos não aumentaramMarcos Vinícius, em entrevista ao Microfone Aberto, destacou que, passadas três semanas da flexibilização, casos não aumentaram

O prefeito de Coronel Fabriciano, Marcos Vinícius, reafirmou que a pandemia de covid-19, no município, é mantida sob monitoramento constante e que, passadas três semanas da flexibilização para o funcionamento do comércio em Coronel Fabriciano, os casos não aumentaram.

Em entrevista ao programa Microfone Aberto, na rádio Educadora, na manhã de segunda-feira (11), o prefeito também alertou que o coronavírus veio para ficar e não há, no momento, nenhuma previsão de uma vacina.

E, ainda que apareça uma vacina, o grupo de risco será prioridade. “Resta às pessoas aprenderem a conviver com essa doença como já convive com o H1N1 (gripe) e tantas outras”, enfatizou.

Marcos Vinicius disse esperar que não tenha de parar tudo novamente, mas, se necessário, será feito. Por isso, as pessoas devem evitar aglomerações, usar máscaras e cuidar da higiene das mãos, entre outras medidas preventivas.

“Vamos fazer de tudo para que não ocorra aumento no número de casos, mas se tiver, o poder público terá que garantir o suporte para quem tiver agravamento da situação. O fato é que tem algo diferente aqui no Vale do Aço, em relação à pandemia, pois no caso das pessoas contaminadas, os familiares não foram infectados. Isso é bom. Não sabemos qual é esse fator. Agora vem um período com temperaturas mais baixas e isso é preocupante porque no frio as pessoas têm a tendência em aglomerar. Estou vendo que as pessoas estão conscientes e muitos já tomam cuidados especiais para evitar a contaminação e tem que ser assim mesmo", detalhou.

O prefeito acrescentou que o isolamento só tem um objetivo: deixar tempo para preparar os hospitais ao atendimento daqueles que tiverem agravamento da doença e isso está sendo cumprido.

"Então porque deixar as pessoas permanentemente fechadas dentro de casa?", indagou.

Para Marcos Vinicius, quem tem saúde e precisa trabalhar, que saia, atendendo aos requisitos de segurança. “Já quem não tem necessidade, ou que pertença a um grupo de risco, que não saia”, enfatizou.

Por fim, o prefeito afirmou que a tendência hoje é de acomodação dos casos de covid-19 e a saída da população será conviver com essa doença, como já convive com outras.

“Em meados de abril já avaliávamos que o Brasil teria 100 mil infectados e mais de 10 mil óbitos. E são esses os números de agora. Não é invenção era o que a epidemiologia mostrava no país que tem mais de 200 milhões de habitantes.

“E as pessoas não podem somente olhar o número absoluto de óbitos, por exemplo. Há outras patologias envolvidas com as pessoas que perderam sua vida. Então o que resta é a população acreditar na medicina, na ciência, e tomar os cuidados necessários”, concluiu.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Brasil

26 de maio, 2020 | 08:11

“Sabias palavras... Precisamos de mais governantes assim... Estamos expostos a uma infinidade de vírus no dia a dia e se fosse levar ao pé da ignorância nós não podíamos fazer nada na vida, tínhamos que cavar um buraco e nos enterrar... Todos os dias milhares pessoas entram em hospitais com todos os diversos tipos de enfermidades, existem vírus muito pior que esse corona e que ninguém fica isolado por causa dele, o H1N1 é muito mais perigoso e ninguém ficou isolado no seu ápice, alias, o H1N1 continua matando...
Sou a favor que o grupo de risco deve se proteger sim, os demais devem voltar as suas atividades normais com as devidas proteções e higiene. A vida segue.
Lembre, ignorância das pessoas levam a morte... Sejamos inteligentes e vençamos esse vírus invisível.”

Ricardo Araujo Pereira

26 de maio, 2020 | 06:31

“Tem todo o meu respeito prefeito..pois vc e o unico chefe do executivo q realmente tem capacitacao p nos dar uma resposta p nossa populacao...bom trabalho... Brasil acima de tudo...Deus acima de todos...”

Victor

16 de maio, 2020 | 13:56

“Esses maçons são homens BIZARROS..
tem algo diferente sim.. falta de exames, cara de pau dos gestores públicos picaretas e a covardia de empresários vagabundos q financiam a matança”

Leonardo Zanoli

14 de maio, 2020 | 14:49

“Minha opinião,ou estão ocultando os dados para manter os comércios abertos,ou o prefeito é milagroso. Pq as pessoas circulam sem máscaras,não respeitam o distanciamento e não tomam medidas protetivas.
Não faz sentido nem lógica somente este município em todo o estado não haver casos de covid19. Sem lógica.”

Josimar Bastos

13 de maio, 2020 | 12:59

“Opinião de quem entende , e é coerente com os especialistas. Parabéns Sr prefeito !”

Sandra

13 de maio, 2020 | 12:56

“Parabéns prefeito, não conheço ninguém que teve corona, vou ao centro da cidade todos os dias, supermercados, lojas farmácias...Vamos trabalhar ??”

[email protected]

13 de maio, 2020 | 07:50

“Ensina ao prefeito de Timóteo Douglas Dória como se faz.”

Roberto

13 de maio, 2020 | 07:20

“Fabriciano deve ter algo diferente. Porque todas as cidades no entorno tem caso. Só Fabriciano que não tem, onde o comércio está escancarado, academias, funcionando, ruas lotadas e todo mundo sem máscara. Fabriciano tem algo diferente. Qual será a diferença ?senhor Prefeito " Dr. bizarro"?”

Ocimar Marques da Silva

12 de maio, 2020 | 21:46

“Engraçado que o comércio está com portas abertas, mas parece que ninguém fiscaliza as ações dos lojistas, pois vejo lojas com as atendentes sem máscaras e clientes dentro das lojas tbem sem máscara, é só dar uma volta nas lojas próximas a CEF do melo viana que verão o que falo aqui.”

Barbosa

12 de maio, 2020 | 20:56

“Parabéns prefeito pela sua ótima administração e EXEMPLO a todos do Vale do Aço e Brasil. Espero que o MP e autoridades públicas da Saúde venham pensar e agir como o senhor. Abraço.”

Marcus Vinicius Daoura Caldas

12 de maio, 2020 | 20:32

“A causa dos poucos casos do vale do aço deve ser por causa da dedetização (poluição) que a Usiminas faz no ar que respiramos!
É tanta m...a saindo de suas chaminés que nem o covid aguenta!”

De Olho na Cidade

12 de maio, 2020 | 17:45

“PRIMEIRAMENTE PARABENIZO O PREFEITO PELA COLOCAÇÃO PERFEITO DO PONTO DE VISTA COMO ENCARAR ESSA PANDEMIA...SEGUNDO COMO FOI DITO SE CADA UM FAZER SUA PARTE ESSE CORONA-VIRUS NÃO AVANÇARÁ.. E TERCEIRO CERTICIMA A COLOCAÇÃO FEITA POR ELE ENTÃO PORQUE DEIXAR AS PESSOAS PERMANENTEMENTE FECHADAS DENTRO DE CASA? PARABÉNS DOUTOR MARCOS VINICIUS...VOCÊ TEM MINHA ADMIRAÇÃO”

Amilar Júnior Sales Peixoto

12 de maio, 2020 | 17:16

“Enfim vejo uma argumentação sensata.”

Giane Coelho

12 de maio, 2020 | 16:47

“Concordo com a opinião do Pref.Marcos Vinícius. Se o Vale do Aço tem poucos casos, devemos salvaguardar as pessoas de risco e liberar as outras pessoas que precisam trabalhar.”

Bolsonaro

12 de maio, 2020 | 16:04

“ESSE PREFEITO É BOM MESMO. MAS O QUE EU QUERIA SABER É ONDE ESTÃO OS VEREADORES DE FABRICIANO, TIRANDO AQUELE QUE ANDA COM UMA SANTA EMBAIXO DO BRAÇO NA FRENTE DE UM MONTE DE CAVALEIROS O RESTO EU NUNCA VI NESSE MANDATO.
CADÊ VOCÊS VEREADORES OU SÓ IRÃO NAS CAMPANHAS ELEITORAIS.......”

Envie seu Comentário