Senai lança plataforma com curso técnico em Mecânica gratuito e a distância

Plataforma pode ser acessada pelo computador e celular

Divulgação


Ao longo do curso serão oferecidos vídeos, estudos e reflexões para proporcionar maior conhecimento pedagógico e científico nessa área

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) lançou uma plataforma de ensino adaptativo digital para educação profissional que oferece um curso técnico em Mecânica. A formação é digital e gratuita. A iniciativa é mais uma das opções disponíveis para quem busca capacitação em meio à crise na saúde provocada pelo coronavírus.

O objetivo desse estudo adaptativo é fornecer uma experiência real de atuação do profissional de mecânica. Ao longo do curso serão oferecidos vídeos, estudos e reflexões para proporcionar maior conhecimento pedagógico e científico nessa área.

A ferramenta é voltada para as pessoas que estão cursando ou já tenham cursado o Ensino Médio, alunos que precisam de reforço na área de mecânica ou ainda profissionais que não têm condições de frequentar uma aula presencial.

Por isso, a plataforma dispõe de aulas personalizadas, levando em consideração os níveis de conhecimento de cada aluno. Através do curso, o estudante pode aprender sobre as teorias de conhecimento ligadas à área, noções introdutórias de manutenção de equipamentos e máquinas, além de criar projetos mecânicos. Este módulo está dividido em:

Fundamentos da Comunicação e Informática;

Fundamentos da Tecnologia Mecânica;

Processos Básicos de Fabricação Mecânica.

Para verificar o processo de aprendizagem, os estudantes realizarão avaliações de múltipla escolha. O algoritmo utilizado pela plataforma é capaz de identificar o nível de conhecimento adquirido e ainda corrigir os testes automaticamente.

Os conteúdos já estão disponíveis e as inscrições podem ser feitas através do site. A plataforma também pode ser acessada pelo celular. Até 2021, os cursos de Automação Industrial, Internet das Coisas e Cyber Sistemas também serão disponibilizados.

É preciso estar atento pois as vagas são limitadas. Ao realizar o primeiro acesso, o estudante tem até 3 meses corridos para concluir os estudos.

(Esther Santana – Agência Educa Mais Brasil)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Julio Cesar 30 de abril, 2020 | 08:03
Fiz o curso de qualificação na área, procurei estágio no Rio e em Niterói , muitos o quadro já estava preenchido outros só se fosse indicado.
Obs: Paguei o curso aulas presencias no período de um ano e meio, esses alunos será que vai ter uma oportunidade de estagiar?
Andre 29 de abril, 2020 | 18:12
Creio que houve um equívoco no título da matéria.
O curso ofertado pelo SENAI nesta modalidade não se trata de um curso técnico mas sim de um curso profissionalizante.
Altemar Santana 29 de abril, 2020 | 10:50
Vamos ter ferramentas e acompanhamento nas aulas práticas?
Altemar Santana 29 de abril, 2020 | 10:47
Bom dia! A pergunta do Marcelo Oliveira procede, e mais: não simplesmente ser de graça poderia até ser pago de uma forma que seja negociado esse valor, até porque sabemos que professores precisam de suas remuneração, e gente...é um curso profissionalizante.
Luizao 29 de abril, 2020 | 08:59
Se com formacao presencial ja temos profissionais na area mecanica fraquissimos imagine com formação a distancia.
Claudineia Aparecida 28 de abril, 2020 | 23:17
Deviam colocar o endereço da plataforma por favor
Marcelo Oliveira 28 de abril, 2020 | 17:29
Como assim? Curso técnico de mecânica a distância?! Kkkkkkkk...
E as aulas práticas? Qual empresa vai dar estágio pra alguém que faz curso técnico a distância??? Quem vai dar emprego pra esse "estudante"?

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO