Dia da Engenharia: nem só de construção é feita a profissão; conheça outras áreas

Data homenageia o Tenente Coronel João Carlos de Villagran Cabrita, morto em 1866

Divulgação


As engenharias Civil, Elétrica, de Construção e Produção podem até ser mais conhecidas da população, mas a área possui uma vasta atuação

Comemorado hoje em todo o Brasil, o Dia da Engenharia foi instituído em homenagem à atuação do Tenente Coronel João Carlos de Villagran Cabrita no Exército Brasileiro, morto em 1866, atingido por uma bala de canhão durante batalha. Cabrita também é conhecido como Patrono da Arma de Engenharia.

“No Brasil, a Arma de Engenharia começou um pouco antes da chegada da Família Real, tempo em que a manutenção do território dependia da construção de fortificações militares. Chega junto com a Corte, o Real Corpo de Engenheiros, dando início à formação dos oficiais dessa Arma”, explica o Instituto da Engenharia em texto sobre a data.

Na atualidade, com o avanço da tecnologia, a engenharia deixou de ser apenas uma profissão ligada à construção de grandes edificações, como também passou a ser aplicada em diferentes segmentos. As engenharias Civil, Elétrica, de Construção e Produção podem até ser mais conhecidas pela população, mas a área possui uma vasta atuação.

O Educa Mais Brasil, plataforma que disponibiliza bolsas de estudo para diferentes modalidades da educação, listou alguns cursos de Engenharia que possuem direcionamentos bastante diferentes do que conhecemos. No site, é possível conhecer muitas outras áreas, além de poder ter acesso a informações sobre bolsas com desconto de até 70% desconto e pré-matrícula a R$ 10.

Engenharia de Software

É a área da engenharia voltada ao desenvolvimento de softwares e programas de computadores. O engenheiro de software também atua com a manutenção e adequação dos programas desenvolvidos aos processos de produção da empresa. O objetivo é aumentar o desempenho e a produtividade.

Engenharia de Sistemas

É a área da engenharia responsável por desenvolver e integrar sistemas de alta complexidade. Surgida em 1940, a engenharia de sistemas busca definir diferentes estratégias para os sistemas e adequá-los às necessidades dos usuários.

O engenheiro de sistemas projeta, analisa e integra sistemas complexos, como equipamentos, dispositivos e plantas industriais.

Engenharia da Manutenção

Esse é o campo da engenharia que busca garantir o bom funcionamento do maquinário, equipamentos e sistemas de uma empresa, visando a otimização dos processos e dos recursos. São atribuições da Engenharia da Manutenção: prevenir e identificar falhas, elaborar planos de manutenção, estudar as formas para melhorar a eficiência de peças, equipamentos, entre outras tarefas.

Engenharia da Qualidade

No mundo corporativo as informações e o conhecimento sobre o perfil do consumidor geram uma base para o planejamento estratégico. O profissional especializado em Engenharia da Qualidade é capaz de administrar as informações das organizações de maneira que venham alcançar melhores resultados. A Engenharia da Qualidade é responsável pela padronização, otimização e controle da qualidade dos processos realizados pelas organizações, visando obter as certificações, normas e especificações técnicas exigidas pelos órgãos de controle.

Engenharia de Custos

A Engenharia de Custos é o ramo das Engenharias responsável por analisar e controlar os custos de uma obra, como o nome já sugere. Ela inclui aspectos como a concepção do empreendimento, viabilidade técnico-econômica, análises, diagnósticos, prognósticos e tudo o que envolve estimar, planejar e projetar os números relativos às etapas de uma obra. Essa área está diretamente ligada a diversas outras, como Gestão de Projetos, Gestão de Contratos, Planejamento, Licitação e Gestão Pública.

Engenharia de Agrimensura

O curso de Engenharia de Agrimensura é uma graduação de nível superior voltada à formação de profissionais habilitados a atuar tanto em âmbito urbano quanto rural. Ao longo dos cinco anos de graduação, o engenheiro é preparado para desenvolver plantas de obras de infraestrutura, saneamento, mobilidade, outros segmentos. Em suas atividades diárias, o engenheiro utiliza diversos equipamentos como o GPS e o teodolito (instrumento de precisão para medir ângulos horizontais e ângulos verticais), inclusive, recebendo informações em tempo real via satélite.

Engenharia Química

O engenheiro químico é responsável pelo desenvolvimento e/ou fiscalização de qualidade industrial de inúmeros produtos, como alimentos, cosméticos, têxtil e outros. Além da graduação na área, o profissional precisa ser devidamente registrado no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA). A profissão de Engenheiro Químico é regulamentada no País desde 1933.

Engenharia Mecatrônica

O campo da Engenharia Mecatrônica é voltado à tecnologia e ao desenvolvimento de robôs e inteligência artificial, utilizados nos mais diversos segmentos desde grandes máquinas robóticas - presentes em fábricas de automóveis - até pequenas cafeteiras ou torradeiras presentes no dia a dia das pessoas.

(Agência Educa Mais Brasil)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO