Ipatinga lança plataforma para preencher tempo de alunos com atividades educativas

Nesta janela virtual, os alunos do Ensino Fundamental têm à disposição materiais, atividades, vídeos e outros instrumentos pedagógicos digitais sintonizados com a proposta da Base Nacional Comum Curricular (BNCC)

Divulgação


Em Ipatinga, ainda não há previsão para retorno das aulas

Mesmo em meio à pandemia do Coronavírus, que levou estados e municípios a fecharem escolas e suspenderem aulas presenciais, os trabalhos da Prefeitura de Ipatinga na área da educação seguem em frente para abrir possibilidades a alunos de todos os anos do Ensino Fundamental. Entre as ações mais importantes está o lançamento da plataforma “Estude em Casa”, disponível agora para pais e estudantes, com formas criativas e divertidas de transmitir conhecimentos.

O acesso é feito pelos próprios alunos, com o mesmo login e senha que eles já utilizam nas escolas municipais quando estudam com os Chromebooks da plataforma Google for Education em sala de aula. Basta entrar no site da prefeitura que, logo quando acessado, apresenta um banner em destaque que leva o usuário à página com o conteúdo educacional on-line.

Nesta janela virtual, os alunos do Ensino Fundamental têm à disposição materiais, atividades, vídeos e outros instrumentos pedagógicos digitais sintonizados com a proposta da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Trata-se de um jeito prático de organizar o tempo durante o período de quarentena e manter os estudos em dia.

“Nosso principal objetivo é apresentar aos nossos alunos, mesmo em casa, propostas de atividades que possibilitem o trabalho com uma das competências da BNCC, que é justamente sobre a Cultura Digital. Não são aulas on-line para repor ou substituir os dias letivos, mas, sim, atividades para suprir o tempo de forma educativa”, explica o prefeito Nardyello Rocha.

Retorno das aulas

Em Ipatinga, ainda não há previsão para retorno das aulas. Além de estar atenta às recomendações das autoridades de saúde em relação à pandemia da COVID-19, a Prefeitura de Ipatinga segue alinhada ao Ministério Público de Minas Gerais, que mantém as recomendações de isolamento social.

Assim, a medida adotada pela Secretaria de Educação foi a de antecipar o recesso escolar de julho para agora, a fim de evitar que o calendário letivo fosse prejudicado até aqui.

É por esse motivo que a plataforma “Estude em Casa” ganha ainda mais importância para as famílias nos dias atuais. “Conhecemos a realidade do nosso município e sabemos bem que uma parte significativa das famílias não tem acesso a computador e internet em casa. Temos essa preocupação. Por isso, não são aulas, mas atividades para preencher o dia durante esse período de quarentena. A quem puder acessar, será por meio dessa plataforma que vamos enfatizar a comunicação, a produção de informações e conhecimentos de forma significativa, colocando-os como sujeitos protagonistas na construção do conhecimento”, completa Eva Sônia Rodrigues, secretária municipal de Educação.

Criatividade na internet

A plataforma “Estude em Casa” apresenta conteúdo de qualidade para todos que acessarem o site. Mas não são apenas nos canais oficiais do município que a criatividade dos professores da rede pública anda fazendo a diferença. Nas redes sociais, como o Facebook, as páginas das escolas e dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) mostram a versatilidade de professores da Educação Infantil, que estão ajudando crianças a superarem o isolamento com alegria e conhecimento.

A coordenadora pedagógica Gisele Keley Moraes, do CMEI José Martins da Silva, no Jardim Santa Clara, é uma delas. Ela e sua equipe de professoras tomaram a iniciativa de gravar vídeos, editar e enviar aos pais. “Desde a definição do isolamento, uma de nossas preocupações era não perder o contato com as crianças. Uma vez que o período de adaptação no início do ano letivo, importante para dar segurança emocional às crianças, leva tempo, e esse vínculo não poderia ser deixado para trás justamente agora”, revela.

As mensagens de carinho e positividade conquistaram pais e crianças e abriram caminhos para a criatividade. Para esta e as próximas semanas, a proposta é publicar novos vídeos sobre a Páscoa, sobre brincadeiras, música e até com acessórios de circo. “O trabalho da Educação Infantil é contínuo e presente. Estamos longe dos olhos, mas pertinho do coração, para não perdermos esse laço afetivo”, completa Gisele.

Muitos desses vídeos podem ser vistos também pelo YouTube, no canal da Secretaria de Educação. O endereço é o youtube.com/educacaoipatinga.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Clara Rodrigues 13 de abril, 2020 | 16:06
Qual site para as crianças? O que é de atividades educativas
Breno 08 de abril, 2020 | 11:41
Custo zero para o município. A licença de uso da plataforma Google for Education não é cobrada para instituições de ensino.
Célia 07 de abril, 2020 | 17:43
Parabéns, ótima atitude, de envolver os alunos em casa ocupando seu tempo com atividades e família tb juntos envolvidos .
Ipatinguense 07 de abril, 2020 | 17:30
Qual o custo disto para o município? Qual empresa construiu o site? E, considerando que a plataforma digital não estava implantada em todas as escolas, quantos alunos poderão acessá-la? E os outros alunos que ficarão de fora ou não tem acesso à internet?

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO