Adolescente sofre atentado no Timotinho, em Timóteo

Relatos da vítima feitos à Polícia Militar sobre o ocorrido foram contraditórios e situação é investigada

Google


A vítima alega que correu e foi encontrada caída nesta avenida

Um adolescente de 17 anos deu entrada no Hospital Vital Brazil vítima de uma agressão. Ele foi encontrado ferido na boca e na nuca caído na avenida Ana Moura, no bairro Timotinho, em Timóteo, no fim da noite deste domingo (5). Inicialmente, o jovem falou que era tiro, mas ninguém teria ouvido o disparo de arma de fogo no local onde a vítima indicou que ocorreu o fato.

A Polícia Militar foi informada que havia uma pessoa caída no chão e dizendo ter sido baleada. Os policiais encontraram o adolescente sangrando na boca e na parte de trás da cabeça. O jovem disse que voltava do Centro-Norte e seguia para o bairro Ana Moura em uma bicicleta passando pela avenida Sanitária, um local afastado e com pouca iluminação pública.

Ele acrescentou que nas proximidades de uma ponte, entre o Timotinho e o Bromélias, surgiu um homem encapuzado e vestindo roupas pretas. O desconhecido desferiu um tiro na boca dele e ainda golpeou a vítima na cabeça. A vítima largou a bicicleta e saiu correndo para buscar socorro.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros encaminhou o ferido ao Hospital Vital Brazil. Após o atendimento, o adolescente foi liberado para voltar no outro dia. O médico informou à PM que há algo alojado na língua do ferido, mas não se sabe se é um projétil de arma de fogo ou um pedaço do dente dele que quebrou. O jovem deve retornar para um médico especialista fazer nova análise da situação.

Os policiais foram até o local onde o jovem disse ter sido atacado, mas a bicicleta dele estava em um local totalmente diferente. Nenhum morador deste escutou qualquer disparo de arma de fogo. O jovem afirmou em seguida que sofreu uma “emboscada”, mas não soube ou não quis revelar quem seria o autor do atentado.

O adolescente é conhecido no meio policial por envolvimento com crimes (tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e crimes contra o patrimônio). Ele afirmou aos policiais que não tem problema com qualquer pessoa. O caso foi registrado pela PM e encaminhado para a Polícia Civil.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO