Mulher é presa em tentativa de furto à residência

A vítima encontrava-se dormindo e nem sabia que a mulher havia invadido o imóvel para furtar

Uma mulher de 32 anos foi presa durante a madrugada desta sexta-feira (3) ao ser flagrada tentado furtar objetos de uma casa na rua Minerais, no bairro Iguaçu, em Ipatinga. Uma equipe da Polícia Militar encontrou T.S.E. no interior do imóvel invadido pela autora que é conhecida pelos crimes contra o patrimônio praticados na região.

Os policiais militares realizavam patrulhamento pelo bairro e foram informados que uma pessoa pulou o muro de uma casa. A equipe foi até o local e viu que havia uma mulher tentando se esconder atrás de objetos separados para ser furtado do imóvel invadido.

A equipe chamou o proprietário que possui na garagem um churrasquinho. A vítima encontrava-se dormindo e nem sabia que a mulher havia invadido o imóvel para furtar. Ela seria usuária de drogas e já cometeu outros crimes no Iguaçu.

A presa, segundo informou a Polícia Militar ao Diário do Aço, foi filmada quebrando o vidro de um sacolão recentemente, mas não conseguiu levar nada deste local. T. foi encaminhada para o plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Ze de Minas 03 de abril, 2020 | 21:44
E liberada,para novos furtos. É uma vergonha.
Ze de Minas 03 de abril, 2020 | 21:44
E liberada,para novos furtos. É uma vergonha.
Albert Santos 03 de abril, 2020 | 20:04
Será que com tudo isso que está acontecendo nesse mundo, ainda vai compensar deixar gente assim por aí? O Brasil vai ter que aceitar logo que manter toda essa gente que só existe pra infernizar a vida dos outros é enxugar gelo que sai muito caro.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO